Paulo Lamac, vice-prefeito de Belo Horizonte, prestigia o Monobloco e fala sobre o carnaval

Marchinhas tradicionais, xote, forró, funk e MPB. Esses foram alguns ritmos que animaram os foliões na região da Pampulha na manhã desta terça-feira (05), último dia de Carnaval. E o responsável por embalar uma multidão estimada em 300 mil pessoas foi o Monobloco, grupo do Rio de Janeiro, que já virou tradição na folia da capital mineira.

Em 2019, o Monobloco fez uma homenagem às mulheres com o tema “Abram Alas Pra Elas”. Muitas famílias, inclusive crianças, foram acompanhar o grupo bem de pertinho, que conta com 150 integrantes na bateria.

Em entrevista ao Mais Minas, o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, que acompanhou o desfile do Monobloco em cima do trio, avaliou que o crescimento do Carnaval de Belo Horizonte se dá graças ao investimento em segurança, com um grande efetivo de policiais, e também por causa da infraestrutura oferecida na capital mineira.

“Hoje recebemos pessoas do país inteiro e, para isso, temos investido na infraestrutura e, principalmente na segurança da cidade, para acolher ainda melhor o folião. E, quem sabe, nos próximos anos, BH se torne o maior Carnaval do país”, destacou.

Comentários