Take a fresh look at your lifestyle.

Porsche encerra a produção de motores a diesel

Em recente comunicado, a Porsche decidiu encerrar a fabricação de motores a diesel dos seus automóveis com o intuito de investir na eletrificação de toda a sua linha automotiva até 2022. Segundo a empresa, os modelos que contém motores a Diesel deixarão de ser comercializados, enquanto, uma quantia de mais de 6 bilhões de euros será investida para garantir o compromisso de implementar a motorização híbrida e elétrica das próximas gerações de veículos.

Para a Porsche, essa decisão foi tomada devido ao fato das pessoas demonstrarem uma preocupação maior com o meio ambiente e ao mesmo tempo, aumentar a procura por veículos mais sustentáveis. Neste sentido, continuar com a fabricação de motores a diesel acabou tornando-se inviável. A empresa revelou que 63% dos veículos vendidos na Europa são híbridos, enquanto, houve uma queda na comercialização dos carros a diesel.

Em entrevista, Oliver Blume, CEO da Porsch, explica que “A Porsche não está demonizando os carros diesel. Eles são, e continuarão sendo, uma importante tecnologia de propulsão. Entretanto, o diesel sempre desempenhou um papel secundário para uma marca de carros esportivos como nós. Diante isso, concluímos que nosso futuro não inclui motores a diesel. Mas obviamente vamos continuar dando todo o suporte para nossos clientes de motores a diesel”.

Taycan a caminho

Estima-se que o primeiro carro elétrico da marca será o Taycan e chegará em 2019 no mercado automobilístico. O carro terá uma potência combinada de 600 cv, enquanto a aceleração de 0 a 100 Km/h acontecerá em menos de 3,5 segundos. A meta da Porsche é lançar uma versão            “Eletrificada” de cada modelo até 2025. Com relação aos modelos esportivos, a empresa afirmou que “A produção de esportivos puristas, emocionais e potentes seguirá desempenhando um papel fundamental na estratégia de produtos”, concluiu em comunicado oficial.

Leia também: Honda NXR160 Bros chega nas concessionárias brasileiras

Close