Conselheiro LafaieteCoronavírusDestaque

Prefeitura de Conselheiro Lafaiete negocia ampliação do sistema de saúde para atender pacientes com suspeita e confirmação do coronavírus

A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete informou na última quinta-feira (2) que irá ampliar a capacidade para atendimento e assistência para os pacientes com suspeitas do novo coronavírus. De acordo com a Secretaria de Saúde, está havendo um solicitação, junto ao Governo do Estado, de implantação de mais salas vermelhas, leitos de UTI, respiradores e equipamentos para as unidades de saúde da cidade, hospitais e Policlínica Municipal. Atualmente, o município conta com 17 respiradores instalados e nove leitos de UTI.
O município negociou com a direção do Hospital São Camilo para assumir suas instalações com equipe própria, onde serão disponibilizados 60 leitos para atendimento exclusivo aos pacientes contaminados pelo coronavírus que precisem de internação hospitalar. Entretanto, ainda será preciso que a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete faça uma reforma no telhado do prédio, porém não irá paralisar os atendimentos feitos atualmente pelo hospital, portanto, haverá uma realocação no funcionamento temporariamente para uma ala do prédio do Hospital Queluz que não está sendo utilizada.
Segundo o prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus, as novas medidas de ampliação de atendimento são necessárias devido a demanda esperada pelo município. “Considerando a agilidade e economia para as adequações dentre as várias possibilidades analisadas, o Município entendeu ser esta a medida mais viável na busca de uma instalação que possibilitasse um atendimento mais eficiente, considerando a estrutura hospitalar existente, inclusive com canalização de oxigênio, uma sala vermelha, além de outros recursos já disponíveis, possibilitando, inclusive, a instalação de leitos de terapia intensiva no local, o que já vem sendo negociado pela Secretaria de Saúde junto ao Estado”, declarou o prefeito.
Ainda de acordo com Mário Marcus, outros equipamentos e respiradores necessários para o atendimento também serão providenciados pela Secretaria de Saúde de Conselheiro Lafaiete. Caso seja necessário, a secretaria afirmou que leitos de UTI do Hospital e Maternidade São José serão cedidos para o tratamento de casos graves.
A Policlínica Municipal também passou por reforma e hoje possui uma nova ala no pavimento térreo, isolada das demais instalações, que será destinada à assistência aos pacientes suspeitos e contaminados pelo coronavírus, inclusive com uma sala vermelha equipada com respirador e leitos para atendimento à pacientes em estado mais grave. Mas caso a situação se agrave, as demais dependências da Policlínica também serão utilizadas, contando, aproximadamente, com 100 leitos para atendimento.
Para auxiliar no diagnóstico, a Secretaria de Saúde de Conselheiro Lafaiete está adquirindo 1.000 kits de testes rápidos para atender uma demanda inicial.

Equipamentos de prevenção

A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete informou também que solicitou às empresas da região, como Vale, Gerdau, MRS, CSN, entre outras, a doação de equipamentos de prevenção, como respiradores, álcool gel, máscaras, kits para testes rápidos e outros necessários para o enfrentamento ao coronavírus.

Coronavírus em Conselheiro Lafaiete

Atualmente, a cidade de Conselheiro Lafaiete conta com 179 casos suspeitos de coronavírus e um óbito em investigação, seis casos já foram descartados.

Veja também: Ministério da Saúde diz que primeira morte por coronavírus no Brasil aconteceu em Minas Gerais, em janeiro

Comentários do Facebook
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar