Prefeitura devolve imagem de Santo Antônio, do século XVIII, para população de Santo Antônio do Salto

Na cerimônia realizada no distrito, houve ainda o anúncio de que a obra de asfaltamento de acesso à localidade será ampliada até Ouro Preto

0 comment

Os católicos de Santo Antônio do Salto participaram, no último domingo, 02 de junho, de uma missa  especial. Além do batizado da pequena Eloá de Souza, de nove meses, houve a devolução  oficial da imagem de Santo Antônio, que por exigência da comunidade, foi restaurada dentro da própria igreja. Na cerimônia de devolução do Santo, foi anunciado ainda que a estrada do distrito será asfaltada até Ouro Preto, o que agradou muito a comunidade.

A imagem é uma produção do Mestre Piranga, um dos principais artistas do barroco mineiro, muito atuante na segunda metade do século XVIII. Este ano, a peça completa 100 anos de  restauração, quando foi toda coberta por pintura negra, cuja intervenção está assinada e datada por Honório Esteves.  Os restauradores gastaram cerca de quatro meses para fazer a retirada de toda a pintura da imagem.

Prefeitura devolve imagem de Santo Antônio, do século XVIII, para população de Santo Antônio do Salto
Imagem é uma produção do Mestre Piranga, um dos principais artistas do barroco mineiro - Crédito: Neno Vianna/PMOP

A cerimônia de devolução de Santo Antônio, padroeiro do Salto, foi realizada depois da  celebração litúrgica e teve a participação de autoridades e grande parte dos fieis. O prefeito Angelo Oswaldo explicou aos devotos todo o processo de restauração, detalhes da obra  e ainda falou sobre o valor histórico  e religioso da peça. “Hoje, é um momento muito especial porque nós estamos, oficialmente, devolvendo a imagem de Santo Antônio restaurada à população”, disse o prefeito.

O pároco da Paróquia de Santa Efigênia, Pe. José Carlos dos Santos, da qual pertence a comunidade,  disse que a imagem do Mestre Piranga tem seu valor histórico e artístico, mas  este valor transcende, porque representa, do ponto de vista espiritual, a fé e a  religiosidade da população de Salto. “A comunidade fica muito agradecida por esse trabalho que foi feito, com muita arte, qualidade e carinho. A gente vai deixar para as futuras gerações a imagem, do  jeito que ela foi construída, recuperada e restabelecida. Os restauradores são pessoas extremamente delicadas e a comunidade toda fica muito feliz e agradecida com o trabalho”, declarou o pároco.

A restauradora, Eva Zaldivar, e seu esposo, também restaurador, Aldo Araújo, estiveram presentes na solenidade de devolução da imagem. Segundo Eva Zaldivar, tudo foi feito com respeito e adequado à exigência da comunidade, que não queria que a peça fosse restaurada fora da Igreja. Ela lembrou que foi um trabalho muito importante, não só pela relevância artística e histórica da peça, mas também pela fé que move a imagem, como representante do Santo na terra e no céu. “O resultado foi melhor do que o esperado. A pintura original, que estava por baixo da pintura que tinha, estava absolutamente íntegra. Então a gente recuperou a integridade absoluta do Santo, como ele foi feito e concebido originalmente”, garantiu Zaldivar.

Eva  Zaldivar  disse ainda que o que mais chama a atenção na imagem de Santo Antônio é que se nota, claramente, a mão do mestre Piranga. É uma peça indiscutível dele, importantíssima no que se refere ao nível patrimonial e artístico, em todo o Brasil. A gente não tem como descrever o que vale artisticamente essa peça”, disse Zaldivar.

O retorno da imagem  de Santo Antônio deixou os fieis emocionados. Seu Nilton de Souza, morador do distrito, disse que não encontrava palavras para definir seu sentimento naquele momento. “Todos aqui tem um carinho, respeito e devoção pelo nosso padroeiro”, declarou ele.

Pavimentação total na estrada de Salto

Ainda dentro da igreja, Angelo Oswaldo anunciou que a estrada de Santo Antônio do Salto será asfaltada até Ouro Preto e que os serviços estão sendo acompanhados pelo secretário de Obras, Franklin Evangelista, no distrito.“Fiz questão de fazer o anúncio na igreja para evitar deturpação dos fatos.  O asfaltamento já começou, está indo muito bem, já temos quase dois quilômetros prontos e vamos continuar nos onze quilômetros que faltam para a ligação ficar completa”, garantiu o prefeito que, calorosamente, foi aplaudido pela comunidade. 

O Padre José Carlos comentou que o asfalto é um benefício inestimável e vai facilitar a vida da população. “A distância de Salto para Ouro Preto é muito grande e sem a pavimentação fica sofrido. Época de chuva, mulheres grávidas, pessoas  doentes e que as que vão e voltam todos os dias sofrem ainda mais”, comentou o religioso. “É mesmo uma necessidade, e pelo fato do anúncio da obra ter vindo do prefeito, a gente tem certeza que o serviço vai ser feito”, confiou o padre.

Estiveram presentes na solenidade de devolução da imagem de Santo Antônio a comunidade do Salto,   a vice-prefeita Regina Braga; o presidente da Câmara Municipal, José Geraldo Muniz, o Zé do Binga; o vereador Reginaldo Tavico; o secretário de Cultura e Turismo, Flávio Malta; e o restaurador, Aldo Araújo.

Texto: Názia Pereira / Revisão: Greiza Tavares / PMOP

Comentários Facebook

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS