Ultimate magazine theme for WordPress.

Quer trabalhar como ambulante no carnaval de Belo Horizonte? Saiba como

A Prefeitura de Belo Horizonte publicou, por meio da Belotur e da Secretaria Municipal de Política Urbana, o edital de cadastramento para ambulantes interessados em comercializar bebidas e acessórios durante o carnaval de Belo Horizonte de 2020. A publicação foi feita nesta quarta-feira (6), no Diário Oficial do Município.

A inscrição deverá ser feita de forma presencial no BH Resolve, localizado na rua Caetés – Centro, durante o período do dia 18 a 29 de novembro, de 8h às 17h, exceto em sábados, domingos e feriados.

Esta é uma oportunidade para as pessoas que desejam vender, temporariamente, produtos como água, bebidas alcoólicas, enfeites, acessórios e etc, durante o período de carnaval na capital mineira, que acontecerá do dia 8 de fevereiro a 1° de março.

Para se cadastrar, os interessados deverão apresentar a seguinte documentação: identidade com foto, CPF e comprovante de residência – caso o ambulante não possua domicílio em seu nome e resida com familiares, é preciso apresentar declaração assinada pelo titular do documento e documentação que comprove o parentesco.  A presença de cópias dos documentos não é necessária.

Também deve ser apresentado o formulário de adesão ao credenciamento com a declaração de compromisso de execução dos serviços dentro das normas do edital, também disponível no link do chamamento. O formulário já deve estar preenchido e assinado e não estará disponível no local.

Acesse o edital.

Etapas do credenciamento

O cadastramento no BH Resolve é apenas a primeira fase para que o ambulante possa trabalhar durante o carnaval de Belo Horizonte em 2020. A segunda fase ainda não tem data anunciada, mas deverá acontecer em breve, sendo divulgada pelo site oficial do Carnaval de Belo Horizonte 2020 e pelo Diário Oficial do Município. Nessa fase, os profissionais que desejam comercializar durante o evento terão que buscar a credencial que os permite exercer a função.

Oportunidade

O trabalho de comercialização ambulante durante o carnaval de Belo Horizonte fortalece financeiramente o evento, e ainda, gera oportunidade para renda dos trabalhadores. Na última edição, em 2019, foram feitos 13.111 cadastros, número referente a  36% de aumento em relação a 2018.

Comentários do Facebook