EducaçãoOuro PretoOutras cidades

UFOP, UFLA e UFV Deixam o Ranking Das Mil Melhores Universidades do Mundo

Três universidades mineiras saíram do “Ranking Das Mil Melhores Universidades do Mundo”, realizado pela Times Higher Education e liderada pela Universidade de Oxford, que posiciona as universidades do mundo de acordo com critérios de ensino, pesquisa, produção de conhecimento e reputação internacional.

Das mil posições, o Brasil ocupa atualmente 21, perdendo 6 em relação a 2016, quando o Brasil possuía 27 universidades na lista. Em 2017, 10 universidades brasileiras saíram deste ranking. São elas:

  • Universidade Federal do Paraná,
  • Universidade Federal da Bahia,
  • Universidade Federal de Goiás,
  • Universidade Federal de Santa Maria,
  • Universidade Federal de Viçosa,
  • Universidade Federal de Lavras,
  • Universidade Federal Fluminense,
  • Universidade Estadual de Londrina,
  • Universidade Federal de Ouro Preto e
  • Universidade Estadual de Maringá.

Em compensação, 4 novas instituições brasileiras de ensino e pesquisa conseguiram conquistar uma posição na lista, são elas a Universidade Federal de Itajubá, Universidade de Brasília, Universidade Federal de Pelotas e a Universidade Estadual de Ponta Grossa.

A universidade brasileira que mais se destaca na lista é a Universidade de São Paulo (USP), que está no grupo da 251ª até 300ª. A segunda melhor é a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que está entre a 401ª e 500ª. Ambas as universidades não têm uma posição exata, pois após as 200 primeiras universidades, todas as outras são organizadas em blocos.

As únicas universidades de Minas Gerais presentes no ranking são: Universidade Federal de Itajubá (Unifei) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Veja  o ranking de todas as universidades brasileiras a seguir:

Posição Universidade Estado
251-300 Universidade de São Paulo (USP) SP
401-500 Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) SP
501-600 Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) SP
601-800 Universidade Federal do ABC (UFABC) SP
601-800 Universidade Federal de Itajubá (Unifei) MG
601-800 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) MG
601-800 Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) RJ
601-800 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) RS
601-800 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) RJ
601-800 Universidade Estadual Paulista (Unesp) SP
801-1000 Universidade de Brasília (UnB) DF
801-1000 Universidade Federal do Ceará (UFC) CE
801-1000 Universidade Federal de Pelotas (UFPel) RS
801-1000 Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) PE
801-1000 Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) RN
801-1000 Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) SC
801-1000 Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) SP
801-1000 Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) PR
801-1000 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) RS
801-1000 Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) RJ
801-1000 Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) PR
A Inglaterra lidera o ranking com a Universidade de Oxford na primeira colocação. O país também é o dono do 2º lugar com a Universidade de Cambridge. Outro destaque é os Estados Unidos, que ocupa 6 dos 10 primeiros lugares.

Veja a seguir o top 10 da melhores universidades do mundo
(em 3 e 10 há empate)

Posição Universidade País
1 Universidade de Oxford Reino Unido
2 Universidade de Cambridge Reino Unido
3 Instituto de Tecnologia da Califórnia EUA
3 Universidade de Stanford EUA
5 Instituto de Tecnologia de Massachusetts EUA
6 Universidade Harvard EUA
7 Universidade de Princeton EUA
8 Imperial College London Reino Unido
9 Universidade de Chicago EUA
10 Instituto Federal de Tecnologia de Zurique Suíça
10 Universidade da Pensilvânia EUA
As universidades europeias predominam-se na metade dos 200 primeiros lugares, com destaque para instituições da Alemanha e Holanda. A China possui duas universidades no top 30 (Peking e Tsinghua). Quase todas as instituições chinesas subiram no ranking.

Facebook Comentários

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios