Take a fresh look at your lifestyle.

Reservas do Cruzeiro perdem para Palmeiras em jogo marcado pela volta de Fred

Meia Arrascaeta também voltou a atuar após lesão e reforça o Cruzeiro para o decorrer do ano

Após eliminar o Palmeiras da Copa do Brasil, no meio de semana, o Cruzeiro voltou a enfrentar o alviverde paulista nesse domingo (30), pelo Campeonato Brasileiro. Só que dessa vez, com as duas equipes contando com times praticamente compostos apenas por reservas, o Palmeiras levou a melhor e de quebra assumiu a liderança da competição. A partida, disputada no Pacaembu, acabou com o placar de 3 a 1 para os mandantes. Os gols do jogo foram marcados por Lucas Lima, Hyoran e Gustavo Gómez, de pênalti, para o Porco e Mancuello, cobrando penalidade máxima, para o Cruzeiro.

Apesar de não poder comemorar o resultado da partida, o cruzeirense teve outros motivos para festejar. A partida de ontem marcou a volta do atacante Fred e do meia Arrascaeta, que estavam parados por lesão. O camisa 9, por sinal, retornou aos gramados após seis meses parado, após operar o joelho no início da temporada. Quem ganha com o retorno dos atletas é o técnico Mano Menezes, que vê seu leque de opções aumentar num mês recheado de confrontos decisivos.

Gols

O primeiro gol da partida saiu aos 22 minutos da primeira etapa. Após cobrança de escanteio do time alviverde, a bola acabou sobrando para o meia Lucas Lima, na entrada da área. O palmeirense arriscou o chute e a bola desviou no meio-campista Ariel Cabral e enganou o goleiro Rafael, que nada pôde fazer.

Mas o Cruzeiro não demorou a empatar. Aos 29, o juiz assinalou pênalti, após o zagueiro alviverde Gustavo Gómez tocar com a mão na bola. Só que o toque do Palmeirense foi no mínimo um metro fora da área. Um erro absurdo do árbitro paraense Dewson Fernando Freitas da Silva. O meia argentino Mancuello foi para a bola e marcou o gol de empate.

Apesar do erro de arbitragem, o Palmeiras não se abalou e partiu para cima do Cruzeiro, conseguindo ficar à frente no placar mais uma vez ainda na primeira etapa. Aos 41, o atacante Dudu cruzou e o meia Hyoran completou de cabeça para o fundo do gol de Rafael, fazendo 2 a 1.

E cabia mais. Na segunda etapa, os 19 minutos, o lateral Marcelo Hermes desviou cruzamento com o braço, dentro da área. Pênalti para o Palmeiras. Gustavo Gómez foi para a bola e não desperdiçou, dando números finais ao encontro. 3 a 1.

Com o resultado o Palmeiras assumiu a liderança da competição, com 53 pontos. Já o Cruzeiro segue na sétima posição, com 37.

Próxima partida

O Cruzeiro terá pela frente o jogo mais importante do ano até aqui. A equipe celeste receberá, na quinta-feira, o Boca Juniors, da Argentina, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores. O jogo será disputado no Mineirão, às 21h45. A raposa precisa reverter a derrota por 2 a 0 no jogo de ida para se classificar às semifinais.

PALMEIRAS 3 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 30/09/2018 (domingo)

Local: Pacaembu, em São Paulo-SP

Árbitro: Dewson Freitas (Fifa-PA)

Público: 35.654

Renda: R$ 1.260,130,00

Gols: Lucas Lima, aos 22, Mancuelo, aos 29, e Hyoran, aos 41 minutos do 1º tempo; Gustavo Gómez, aos 20 minutos do 2º tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez, Luan e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Moisés); Dudu (Willian), Hyoran e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Léo e Marcelo Hermes; Lucas Romero, Ariel Cabral, Bruno Silva (Rafael Sóbis), Mancuello e David (De Arrascaeta); Raniel (Fred). Técnico: Mano Menezes.

Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Felipe Melo, Lucas Lima, Deyverson, Moisés (Palmeiras); Mancuello, Ezequiel, Marcelo Hermes, Fred, Léo, Manoel (Cruzeiro).

Leia também: Mais uma vez finalista!

Close