Ultimate magazine theme for WordPress.

Risco de contaminação pelo coronavírus sobe para o nível 2 no Brasil; em Minas Gerais outra mulher é assistida

No final da manhã desta terça-feira (28), o Ministro da Saúde do Brasil, Luiz Henrique Mandetta, informou que o nível de risco do novo coronavírus contaminar a população subiu de “elevado” para “nível 2”.

O nível do risco de contaminação pelo vírus subiu devido entrada de uma mulher de 22 anos no Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte (MG). Ela apresentou os mesmo sintomas causados pela doença, que são febre e dificuldade para respirar. Ainda de acordo com a o Ministério da Saúde, a mulher está internada desde sexta-feira (24).

Uma suspeita foi descartada na última semana, tratava-se também de uma mulher, esta com 35 anos.

O caso atual está sendo acompanhado. Sabe-se que a paciente viajou recentemente para China, mas data do seu retorno ao Brasil também não foi divulgado.

“Temos um caso suspeito em Minas Gerais de uma paciente que foi para Wuhan. O estado da paciente é bom, ela está em isolamento e estamos monitorando”, disse Mandetta em coletiva de impressa concedida hoje (28).

Agora a Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está investigando outras 14 pessoas que viajaram junto da paciente. Antes de chegar em Belo Horizonte, a estudante aterrizou em Paris para conexão, e em seguida, também pousou em Guarulhos. A paciente passa por exames que podem confirmar ou descartar a suspeita de contaminação pelo Coronavírus.

A China já somatiza 106 mortes em decorrência da doença. Também já foram registradas mais de 4 mil pessoas infectadas.

Fake News

O vídeo que circulou nas redes sociais na tarde dessa segunda-feira (27), onde aparecem pessoas deitadas no chão de um metrô é falso.

A suspeita de que o surgimento da nova mutação coronavírus, o 2019-nCov, veio após uma família consumir uma sopa de morcegos. Inclusive, o vídeo de uma oriental comendo uma ave crua circulou nas redes para fortalecer a hipótese, sendo essa uma informação também falsa.

Veja também: Acompanhe em tempo real a disseminação do Coronavírus

Comentários do Facebook