Take a fresh look at your lifestyle.

Pão de Açúcar e Rock in Rio são explorados pelo filme Bohemian Rhapsody, que retrata a história do Queen

Em cartaz nos cinemas, o filme Bohemian Rhapsody retrata a história de uma das maiores bandas de Rock do mundo, a Queen. O grupo surgiu na década de 70 trazendo para o estilo pesado inovações sonoras, como a fusão da música clássica e o rock in roll. 

Roger Taylor (bateria), foi o idealizador do projeto quando ainda cursava odontologia na faculdade, ele convidou mais dois colegas que também estudavam para compor a banda, Brian May (guitarra) e John Deacon (contra-baixo). O grupo se apresentava em bares locais e festas da faculdade.

 

Atores que encenam os músicos do Queen.
Atores que encenam os músicos do Queen (foto: divulgação/Instagram @queen_bohemian_rhapsody).

A banda perdeu o primeiro vocalista, por desistência, e foi aí que Farrokh Bulsara ofereceu para a banda, além de suas composições, seus dotes vocais. A partir deste momento a banda começou a despontar para o sucesso. 

Farrokh Bulsara,  que futuramente se transformara em Fred Mercury, com seu talento e irreverência, começa a conquistar fãs pela Inglaterra. Um caçador de talentos ficou impressionado ao ver a banda se apresentando em um pub local e agendou uma reunião com o presidente da EMI, a mesma produtora de Elton John na época. Começa então investimentos da gravadora no quarteto, através da gravação do primeiro álbum auto intitulado “Queen”.

Rami Malek é Fred Mercury no filme.
Rami Malek é Fred Mercury no filme (foto: divulgação/Instagram @art.people.space).

O filme que recebeu o nome da faixa mais famosa da banda esta em cartaz no mês de novembro, em cinemas de todo o Brasil. “Bohemian Rhapsody” conta a história da banda com ênfase na biografia do vocalista Fred Mercury.

Da acensão, passando pela decadência e terminando no retorno da banda  aos palcos, o filme tem roteiro pautado na personalidade marcante de Fred Mercury e a dificuldade que os músicos, família e amigos encontravam em se relacionar com o astro.

A música Bohemian Rhapsody tem duração de seis minutos, foi o maior single do grupo, e, numa época onde as rádios inglesas executavam músicas de no máximo três minutos, a faixa chegou quebrando barreiras e paradigmas ficando no topo da UK Singles Chart  por nove semanas e vendendo mais de um milhão de cópias do disco. Na mesma época, a música ficou no topo também em outros países como Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda e Holanda.

Cena do filme Bohemian Rhapsody.
Cena do filme Bohemian Rhapsody (Foto: divulgação/Intagram @remimakitalia).

Uma curiosidade para os brasileiros sobre o filme é uma cena onde Fred Mercury amanhece no Rio de Janeiro, ouvindo bossa nova e avistando o Pão de Açúcar da janela da suíte no Copacabana Palace. Isso aconteceu em 1985, quando a banda veio ao Brasil para se apresentar no Rock in Rio. O filme relata também a impressão do cantor sobre essa apresentação. Em uma cena ele assiste ao show em uma televisão com sua namorada Mary, e se mostra impressionado com a quantidade e interação do público, pois Fred pensava que por falar uma língua diferente do público, eles não saberiam cantar suas músicas.

O auge da apresentação do Queen no Brasil foi quando se inicia a música “Love Of My Live”, em suas primeiras frases Fred nota que a multidão canta com ele, e, extasiado, Fred para de cantar e rege o coro brasileiro do público, um momento inesquecível para a história do rock.

Confira abaixo o vídeo de apresentação do Queen no Rock In Rio 1985:

E o clipe oficial de Bohemian Rhapsody:

Close