Take a fresh look at your lifestyle.

Servidores de Itabirito realizam manifestação na Câmara após serem chamados de “bandidos” por líder de governo

Em reunião ordinária da Câmara Municipal de Itabirito ocorrida na última segunda-feira (26/02), uma declaração do vereador Renê Butekus (PSDB), que também é líder de governo, estremeceu a relação do funcionalismo público municipal com o poder legislativo.

Durante a reunião, quando o reajuste dos servidores públicos entrou em discussão, o vereador Renê Butekus fez a seguinte afirmação: “a pessoa que passou no concurso público sabia o salário que ela iria ganhar e agora quer guerra com o governo invocando o sindicato, que é oposição ferrenha ao governo, com mais meia dúzia de bandido da Prefeitura que é concursado“. No final o vereador reforça: “é meia dúzia de bandido, de bandido”.

Confira o vídeo na íntegra:

Nas redes sociais, a fala do vereador causou um enorme alvoroço. Parte da população e dos servidores públicos criticam a fala do vereador, dizendo que ele deve citar quem são os servidores bandidos, pois sem esclarecer a situação sua afirmação atinge a classe de funcionários públicos municipais como um todo. Além disso, há também àqueles que questionam a posição do vereador contra um direito constitucional dos funcionários públicos, que é o de reivindicarem reajuste salarial.

Em matéria no site Mova-se Itabirito, a servidora concursada Yara Santos Machado convocou os servidores para uma manifestação contra “à política do medo”. O ato irá ocorrer nesta segunda-feira (05/03) na Câmara Municipal de Itabirito durante a reunião ordinária.

Na manifestação, os servidores concursados que estarão presentes esperam uma resposta do vereador para que ele aponte com provas quem são os seis bandidos concursados da Prefeitura ou que ele faça uma retratação da sua afirmação.

Leia também:

Close