BrumadinhoMineraçãoRompimento de barragem em Brumadinho

Vale anuncia R$ 1,8 bilhão em obras na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho

A Vale anunciou na manhã de hoje (26) que irá destinar mais de R$ 1 bilhão em obras na Mina Córrego do Feijão. A mina fica localizada em Brumadinho, onde uma de suas barragens se rompeu em janeiro. De acordo com a mineradora a verba será para a reforçar a estabilidade das estruturas remanescentes no local. Entre elas está a barragem B6.

A vale afirmou que os R$ 1,8 bi serão utilizados até 2023. Entretanto, ainda de acordo com a mineradora, serão gastos entre R$ 400 e 500 mil ainda este ano nas obras.

Entre as obras anunciadas pela empresa estão a remoção de rejeitos. Até agora, segundo a Vale, foram removidos cerca de 550 mil metros cúbicos de rejeitos. Entretanto, apenas em um dos trechos atingidos há ainda cerca de 7 milhões de metros cúbicos de lama.

Ainda entre as obras anunciadas estão estruturas de contenção de rejeitos no ribeirão Ferro-Carvão. Além das estruturas, serão construídos reservatórios e barreiras hidráulicas para fazer com que o ribeirão seja menos poluído.

Em janeiro deste ano a barragem B1, na Mina Córrego do Feijão, se rompeu e matou 245 pessoas que estavam na área onde a lama percorreu. Além das mortes na área administrativa casas e uma pousada da região foram levadas pela lama. 24 pessoas continuam desaparecidas até hoje.

Você pode gostar também:

Fechar