Outros 19 laboratórios são habilitados pela FUNED para realizar testes do coronavírus no estado

 

Após insustentabilidade da demanda com os exames do coronavírus em apenas um laboratório, o Governo de Minas Gerais decidiu ampliar a rede de testes para o Covid-19. Nesta quinta-feira (2), a Fundação Ezequiel Dias (FUNED) publicou a habilitação de outros 19 laboratórios para realizar o diagnóstico e a identificação da doença. Com isso, a FUNED tem a previsão de que 1,8 mil amostras serão processadas por dia.

Com o aval da FUNED, a partir de hoje, os exames também serão realizados em Viçosa e Rio Paranaíba, pela Universidade Federal de Viçosa (UFV); em Diamantina, pela Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM); em Montes Claros, pela Unimontes; em Ipatinga, pelo Hospital Márcio Cunha, da Fundação São Francisco Xavier; em Sete Lagoas, pelo Laboratório Santa Lúcia; em Lagoa Santa, pelo Loci Genética Laboratorial, e em Pedro Leopoldo, pelo Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Mapa).

Em Belo Horizonte, além da FUNED, os testes também serão feitos nos laboratórios da Fundação Hemominas, da Fiocruz Minas, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), do São Marcos Saúde e Medicina Diagnóstica e do Símile Instituto de Imunologia Aplicada.

O método para a realização dos exames será o RT-PCR, que identifica o material genético, neste caso, o RNA do vírus presente na amostra. Essa técnica é indicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Habilitação

Durante os dias 23 e 26 de março, a FUNED abriu inscrições para os laboratórios interessados em fazer parte da RedeLab Covid-19. Foram inscritas 120 instituições e, desses, 47 passaram para o checklist obrigatório para avaliação. Após isso, 19 laboratórios foram considerados aptos para realizar testes e diagnosticar o coronavírus.

Até a próxima terça-feira (7) será encaminhado um termo de compromisso aos laboratórios que deverá ser assinado, digitalizado e encaminhado via e-mail para a FUNED até a próxima quinta-feira (9).

Veja também: Zema autoriza crédito de R$ 260 milhões para o enfrentamento ao coronavírus em Minas Gerais

 

Comentários