Conheça o calendário que marca o dia dos fenômenos astrológicos vistos a olho nu

Você já deve conhecer um calendário que marca datas comemorativas, dias e feriados. Entretanto, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) produz anualmente um calendário capaz de marcar o dia dos fenômenos celestes vistos a olho nu.

O calendário astronômico marca as datas em que o céu receberá uma chuva de meteoros, uma aproximação entre planetas, eclipses e outros. Os eventos astrológicos marcados no calendário são os mais fáceis de observar mesmo em centros urbanos, com maior poluição e luminosidade. Assim, é possível se programar para poder observar um show astrológico!

O calendário, referente a 2020/2021 é apresentado de forma que o leitor consiga identificar constelações e planetas sem precisar sair de casa. Com uma arte totalmente legível e divertida, a produção busca atingir diversos públicos, desde os mais velhos até os mais novos. Páginas interativas, explicações astrológicas, jogos, fases da lua e tirinhas fazem parte da produção.

Além disso, entre os fenômenos do ano apresentados no calendário, o que mais se destaca é um eclipse solar parcial no dia 14 de dezembro e uma superlua, no dia 27 de abril do ano que vem.

Veja o calendário astrológico completo clicando aqui

Indo além do digital, os exemplares impressos serão distribuídos gratuitamente no Museu do Conhecimento, também na UFMG, assim que as atividades retornarem.

Comentários