BrumadinhoColuna do PeixeDestaqueMarianaMeio AmbienteRompimento de barragem em Brumadinho

Coluna | CPI da Mineração Já!

No meu primeiro artigo do ano, após merecidas férias, pensei que iria poder tratar dos absurdos que os ministros do presidente Bolsonaro ficam bradando por aí, ou mesmo da curiosa coincidência da justiça em liberar os milhões de reais que Temer, o ilegítimo, havia sequestrado de Minas Gerais logo na primeira semana de gestão do novo governador mineiro.

Entretanto, nada é mais urgente que falar da tragédia causada pela Vale no município de Brumadinho. De modo similar ao que aconteceu a cerca de três anos em Mariana, outra vez observamos uma empresa minerária causar mais um crime ambiental!

Coluna | CPI da Mineração Já!
Sobrevoo da área atingida pelo rompimento da barragem em Brumadinho – Foto: Isac Nóbrega/PR

Mais do que tristeza e medo, que são os primeiros sentimentos que se abatem quando acontecem situações como essas, surge sempre uma sensação de revolta. Como é possível acontecer de novo? Será que não aprenderam nada?

Não penso que o ponto seja “não aprenderam”, mas sim que não quiseram aprender. Vendo como a Samarco trata Mariana e Ouro Preto, fazendo com que ambas as administrações acabem por ficar de joelhos, graças a necessidade financeira dos chamados royalties da mineração, fica bem claro que, na prática, esses empresários pouco se importam com os moradores locais, só querem saber de seu lucro.

Sem dúvida que os empreendimentos minerários são importantes para a Região dos Inconfidentes, em especial para a criação de postos de trabalho e geração de moeda circulante no comércio local, mas só isso basta? Onde fica a responsabilidade social?

Crimes como os cometidos em Mariana e Brumadinho não podem ser esquecidos, bem como não dá para lembrar dos bons tempos onde essas mineradoras eram estatais, contribuindo para o desenvolvimento regional e dando orgulho a qualquer brasileiro!

Hoje, não somos mais que exportadores de ferro bruto, enriquecendo outros países e empobrecendo nossa nação. Se está mais que provado que a iniciativa privada, além de não ter compromisso com o povo, não é capaz de gerenciar melhor nossas antigas empresas públicas, será que não está na hora de rever esta privatização criminosa que o governo Fernando Henrique Cardoso (FHC) fez? Será que não está na hora de lutarmos pela reestatização da Vale, CNS, etc.?

Outro ponto que me chama atenção, ainda em relação a essa sensação de impunidade, se dá ao se fazer uma pesquisa rápida acerca de processos ambientais movidos contra as empresas mineradoras. São dezenas em diversas cidades! Será que está certo isso? Será que a população tem dimensão desse fato?

Eu penso que não, e mais do que isso, acho que é preciso ir a fundo nessa questão, sendo fundamental, para início de conversa, que sejam feitas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) nas câmaras municipais das cidades mineradoras (e na assembleia legislativa estadual) para investigar essas empresas, a exemplo de Belo Horizonte (BH), onde a CPI da Mineração, presidida pelo vereador Gilson Reis (PCdoB), está abrindo essa caixa preta!

Se em BH é possível, por que não ousar por aqui?

CPI da Mineração Já!

Até a próxima.

Pedro Peixe: colunista do Mais Minas

Pedro Luiz Teixeira de Camargo (Peixe) é Biólogo, Geógrafo e Professor, Doutor em Ciências Naturais pela UFOP/MG e Membro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (EcoEco).

Mostrar mais
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios