ArquiteturaCasa e Jardim

Vai reformar a casa? Entenda as vantagens e desvantagens da parede de drywall

As paredes de drywall conquistam cada vez mais os brasileiros na hora de reformar a casa. A técnica que também é chamada de parede de gesso ou parede seca é uma prática muito comum nos projetos de reforma nos Estados Unidos e Europa. A praticidade nas etapas de instalação é um dos grandes motivos para a escolha do drywall. Abaixo vamos entender as vantagens e desvantagens reais de investir nesse tipo de parede. Confira!

A técnica para formar o drywall consiste em um perfil metálico com isolamento e duas lâminas de papel acartonado, que recebem uma mistura de gesso, água e aditivos, por isso muitos chamam também de parede de gesso. Tudo isso garante conforto térmico e um excelente isolamento acústico, além de suportar vibrações, batidas de portas, tremores, chutes, entre outros impactos. Sua vida útil gira em torno dos cinco anos, mas com alguns cuidados – como evitar o contato com a umidade, por exemplo -, podem prolongar esse tempo.

As paredes de drywall são produzidas para suportar até 10 kg, ou seja, aguentam prateleiras e outros objetos pesados desmistificando a ideia de que são extremamente frágeis. Na hora de instalar qualquer objeto, é importante utilizar parafusos, buchas, reforços específicos para drywall e um profissional qualificado, pois a recomendação é que sejam instalados diretamente no perfil metálico e um profissional qualificado garante a qualidade e segurança.

Uma das grandes vantagens do drywall é a economia de espaço, pois graças a sua espessura que geralmente oferece 9 cm após a sua finalização (a alvenaria ocupa entre 15 a 25 cm)  pode fazer a diferença para ambientes com espaços menores. Outra vantagem é que graças ao gesso acartonado o drywall possui bastante resistência à condução de calor, ou seja, em caso de incêndio ele evita a propagação de chamas.

Instalação e preço

A praticidade na hora da instalação da parede de drywall também é um dos grandes motivos para o seu investimento, principalmente para quem tem pressa em terminar a reforma. As etapas de instalação inicia no desenvolvimento de uma estrutura de aço – ou madeira – que será a base para as placas de gesso. As placas são instaladas e fixadas logo em seguida, o que torna a instalação muito mais rápido em relação aos tipos convencionais de construção, além de diminuir a sujeira.

O preço também contribui muito para a escolha da parede de drywall, pois costumam custar bem menos em relação à outros materiais. Além disso, pode interferir também no valor direto da mão de obra pela sua fácil e rápida instalação. Para garantir a qualidade e uma instalação segura, é importante investir em produtos de qualidade e profissionais qualificados, empresas como a GypCenter, por exemplo, trabalham com os maiores fabricantes do país e garante materiais com qualidade que respeitam principalmente as normas pela construção civil.

Desvantagens

Como todo serviço e produto o drywall também apresenta algumas desvantagens que vale a pena conhecer antes de iniciar a reforma.

  • Para ambientes externos ainda não é a melhor opção, pois a exposição ao sol e chuva compromete a sua estabilidade e durabilidade.

  • Não é adequado para ambientes úmidos, como o banheiro, por exemplo.

  • Em regiões mais quentes pode acontecer da proliferação de bactérias e fungos, devido ao espaço vazio entre as placas acartonadas. Mesmo assim é difícil acontecer, pois o drywall é feito sobre uma base muito limpa e seca.

  • Apesar de aguentar até 10 kg as paredes de drywall possuem menos resistência em relação às paredes tradicionais. Podem ser facilmente comprometidas se forem atingidas por um grande impacto, mas isso também depende muito do seu estilo de vida.

Leia também: Quatro dicas para eliminar infiltrações e evitar o mofo em casa 

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios