The news is by your side.

Elias faz balanço sobre o primeiro ano do Itabirito na elite do Campeonato Mineiro: “Nossa missão é deixar o clube numa situação melhor que a gente chegou”

Às vésperas do duelo de volta do Troféu Inconfidência, o dono da meta do Gato, Elias Curzel, falou com exclusividade ao Portal Mais Minas para analisar a primeira temporada na elite do futebol mineiro, os objetivos conquistados e os planos para o futuro pessoal, e da equipe do Itabirito.

Após goleada em casa diante do Pouso Alegre, a equipe comandada por Marcelo Caranhato está com a classificação bem encaminhada para a grande decisão do torneio, que pode dar uma vaga inédita ao Itabirito na próxima edição da Copa do Brasil, em 2025.

Leia Também: Itabirito goleia em casa e se aproxima da decisão do Troféu Inconfidência

Leia Também: Capitão do Itabirito, Bryan valoriza goleada no primeiro jogo das semis, mas prega foco na decisão do Troféu Inconfidência

Com passagens por Juventude, Chapecoense, Vitória e outros clubes importantes do futebol nacional, o goleiro é um dos líderes de um elenco recheado de jovens jogadores que colocaram o nome da história do futebol mineiro, com a vaga de um clube recém-formado na Série D do campeonato nacional.

Elias vive ótimo momento com a camisa do Itabirito

Após surgir como uma grande promessa no Juventude, fazendo parte da histórica campanha na Copa do Brasil de 2016, Elias sonha em colocar o Itabirito na competição que tanto brilhou no início de sua carreira.

Em 2016, Elias fez parte da campanha histórica do Juventude pela Copa do Brasil, eliminando times tradicionais como Coritiba e São Paulo. A equipe chegou até as quartas de final, quando foi eliminada pelo Atlético Mineiro, nos pênaltis. O goleiro, hoje no Itabirito, foi fundamental durante toda a campanha.

Em caso de título do Inconfidência, o Gato se garante em duas competições nacionais para o próximo ano e, pela primeira vez em sua história, terá um calendário completo durante toda a temporada para sonhar com vôos cada vez mais altos pelo país.

Por se tratar de um dos jogadores mais experientes do elenco, Elias tenta passar tranquilidade aos atletas com base nas suas vivências no mundo da bola. Durante a entrevista, o goleiro ressaltou grandes momentos da carreira, como seu início no Juventude e a partida que ficou, para sempre marcada na memória: O Troféu Joan Gamper, diante do Barcelona, no Camp Nou, quando ainda vestia a camisa da Chapecoense, em 2017.

Elias fala sobre o duelo contra Messi, que ficou marcado na sua carreira. Vídeo: Davi Guimarães / Mais Minas

Papel de liderança no elenco do Gato

Antes de chegar ao Itabirito, Elias Curzel rodou por clubes de diversas regiões do país, mas sem ter o destaque do início da carreira. Apesar disso, o goleiro não vê a falta de oportunidade com maus olhos, já que foi uma grande oportunidade de aprendizado e ganho de experiência, atuando em diversos locais do país. No norte, vestiu a camisa do Paysandu, no Nordeste, Botafogo-PB, Vitória e Sampaio Corrêa. No sul do país atuou pelo Azuriz-PR, além de Chape e Juventude.

Elias atuou pela Chapecoense entre 2017 e 2020. Durante esse período, o goleiro também atuou pelo Vitória, em 2018. Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Aos 27 anos, o atleta tira o lado positivo de todas as passagens, que o desenvolveram como atleta e pessoa, para chegar no Itabirito e conseguir passar um pouco do seu espírito de liderança adquirido ao longo dos anos:

Foram clubes que eu passei e que ganhei muita experiência, né?! Eu consegui ter um ganho muito positivo com experiências. E isso eu levo para a vida inteira. Independente se eu joguei ou não, a gente sempre aprende alguma coisa. Eu amadureci muito nesse período.

Quando eu recebi a oportunidade de vir para o Itabirito, foi me apresentado o planejamento e os objetivos do clube e a organização de todos os envolvidos. Isso me chamou muita atenção! Então é por um clube assim que a gente tem que passar para colocar o clube numa condição melhor que a gente chegou !

Quais os objetivos traçados no início da temporada?

Estreando no Campeonato Mineiro, Elias ressalta que o primeiro objetivo foi cumprido: Garantir o calendário de 2025 com a Série D. No entanto, o goleiro ressalta que apesar da boa campanha, fica um sentimento de “quero mais”, já que pela qualidade do plantel e a estrutura oferecida pela direção, o time tinha condições de buscar uma vaga entre os quatro melhores do campeonato e garantir o título do interior, que acabou ficando com o Tombense.

Goleiro do Gato foi um dos destaques da competição.

Agora, o foco é o Inconfidência e a vaga na Copa do Brasil. Caso avance para a grande decisão, o Gato enfrenta Athletic ou Uberlândia na decisão. Todos os confrontos acontecem neste sábado (15), e a primeira partida da grande final, está prevista para o próximo final de semana, mas ainda sem data definida pela Federação Mineira de Futebol (FMF).

Conseguimos o primeiro objetivo: A classificação para a Série D. Agora, no Troféu Inconfidência a gente vai lutar com unhas e dentes para conseguir a vaga na Copa do Brasil do ano que vem!

A gente tem que dar o nosso melhor! Sabemos o peso que a gente carrega por já estar fazendo história no clube e a gente tem que manter esse legado. A gente quer continuar fazendo história e se Deus quiser, a gente vai conseguir!

Importância da torcida na campanha do Itabirito

Com a melhor média de público do interior, os jogadores sabem que pode contar com a sua torcida tanto nas partidas dentro de casa, quanto fora. Elias ressalta a importância do apoio de toda a população que abraçou o clube e que, desde a primeira rodada do campeonato, se fez presenta na arquibancada para apoiar os jogadores.

Torcida marcou presença no jogo de ida da semifinal do Troféu Inconfidencia, no Castor Cifuentes, em Nova Lima. Foto: Suzan Gomes / Itabirito

Em todos os jogos a torcida compareceu. Seja de caravana, carro, ônibus, van… Eles dão um jeito e estão lá nos incentivando!

Quando eu falo que eles fazem a diferença, não é da boca pra fora. A gente sente a energia, sente o calor da arquibancada nos apoiando e isso faz muita diferença. Para quem está dentro de campo, sentir a adrenalina e a energia da torcida te incentivando é muito bacana!

Itabirito tem a terceira melhor média de público do campeonato

Futuro Indefinido

Com a temporada do Itabirito chegando ao fim, o mercado da bola começa a se agitar na busca de destaques dos campeonatos estaduais, e com toda certeza, Elias Curzel é um deles. No entanto, o atleta segue focado nessa reta final de ciclo e só pensa no título do Inconfidência.

Eu e meu empresário estamos recebendo algumas especulações, tanto do Brasil quanto para fora. Mas falei com o pessoal aqui do clube que estou focado em finalizar o campeonato aqui da melhor maneira possível para só depois decidir meu futuro.

Uma das possibilidades para o goleiro, é a renovação do vínculo com o Gato para 2025. Dessa forma, o clube o repassaria à outro clube até o fim da temporada para que ele retorne em 2025 para colher os frutos plantados nessa temporada. No entanto, isso só será discutido após o término das competições.