Eleições 2018NotíciasPolítica

Ibope e Datafolha: Bolsonaro e Haddad disputarão o segundo turno

As últimas pesquisas presidenciais antes do primeiro turno das eleições 2018 foram divulgadas na noite deste sábado, 06 de outubro, e todas mostram que Jair Bolsonaro, na liderança, e Fernando Haddad, em segundo lugar, disputarão o segundo turno no dia 28 de outubro de 2018.

Na pesquisa IBOPE, Bolsonaro (PSL) aparece com 41% dos votos válidos e seu provável concorrente, Haddad (PT), emerge com 25% das intenções de votos.

No levantamento Datafolha a situação de ambos é semelhante ao que é apresentado no IBOPE, com Bolsonaro tendo 40% das intenções de votos e Haddad com 25%.

Confira a seguir o cenário para todos os candidatos à presidência da República no 1º turno:

  Fernando Pimentel é alvo de investigação por crimes eleitorais e lavagem de dinheiro

Pesquisa IBOPE

Jair Bolsonaro (PSL): 41%
Fernando Haddad (PT): 25%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (REDE): 3%
João Amoêdo (NOVO): 3%
Alvaro Dias (PODE): 2%
Cabo Daciolo (PATRI): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Eymael (DC): 0%
Vera (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%

Pesquisa Datafolha:

Jair Bolsonaro (PSL): 40%
Fernando Haddad (PT): 25%
Ciro Gomes (PDT): 15%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (REDE): 3%
João Amoêdo (NOVO): 3%
Alvaro Dias (PODE): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Cabo Daciolo (PATRI): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%

Simulações de segundo turno

No cenário de segundo turno entre Bolsonaro e Haddad, os ex-capitão da Reserva aparece empatado tecnicamente com Haddad, segundo as duas pequisas eleitorais.

  Projeto de lei aprovado prevê gratuidade para deficientes físicos no transporte coletivo de Santa Bárbara

Pelo Datafolha, Bolsonaro teria 45% dos votos, ficando o petista com 43%. Bancos e nulos somam-se 10% e 2% dos eleitores não saberiam em quem votar.

No levantamento IBOPE, Bolsonaro aparece com 45% das intenções de votos contra 41% de Haddad.

Os dois estão tecnicamente empatados porque as duas pesquisas tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Fechar