Museu Nacional receberá obras da Itália pra recuperação de acervo

O Ministério da Cultura da Itália anunciou que irá auxiliar o Brasil na reconstrução do acervo do Museu Nacional, que pegou fogo no ano passado. Com isso, a Itália deve mandar para o Brasil cerca de 2 mil obras para o novo acervo.

Entre elas, há estátuas e pinturas sobre gesso com mais de 2 mil anos. As obras estão previstas para chegar ao Brasil em 2020 e o acervo será emprestado por um longo período pelo país. Enquanto o museu não for reaberto, as peças devem ficar em exposição no prédio do consulado italiano.

A vice-ministra da Cultura da Itália, afirmou que a parceria entre os países estreita os laços culturais. Além das peças, especialistas italianos vão ajudar na reconstrução de obras encontradas nos escombros do museu, entre eles a restauradora italiana, Elisabetta Canna, que atuou na restauração da cidade Italiana soterrada pelo vulcão Vesúvio.

A pesquisadora se mostrou confiante com o caso do Brasil. “Uma tragédia, como a que atingiu o museu, pode ser transformada em uma oportunidade para conscientizar o público sobre a preservação destes acervos.”, disse Elisabetta.

Dessa forma, a parceria entre os dois países serão fundamentais para a recuperação de algumas obras. Entre elas o acervo de peças que pertenciam a Imperatriz Teresa Cristina, esposa de Dom Pedro II. Os artefatos consistem em peças trazidas da Itália para o Brasil, como dote pelo casamento dos imperadores brasileiros.

Novo teto

Foi instalado, no Museu Nacional, um teto temporário. A estrutura de metal foi colocada no local para melhor preservação dos ambientes. Além disso, o teto irá auxiliar na construção da estrutura definitiva, e ainda, garantir o reforço das paredes do prédio.

Museu Nacional receberá obras da Itália pra recuperação de acervo
Crédito da foto: Reprodução/Tv Globo

Verba para reconstrução

Este mês, o Ministério da educação anunciou o repasse de R$ 900 mil para a reconstrução do Museu Nacional. A verba será entregue à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), instituição responsável pela administração do museu.

De acordo com o Ministério, a verba será destinada apenas aos projetos da fachada e do telhado do museu.

 

Comentários