O que você procura?

“Me senti na obrigação de contribuir”, diz vereador que assumirá Secretaria de Educação de Ouro Preto

Celso Maia Junior será o membro do Legislativo substituto, também pelo MDB.
Rômulo Soares 3 de janeiro de 2022 às 15:51
Tempo de leitura
4 min
Foto: CMOP
Foto: CMOP

Conhecido na política ouro-pretana, o vereador Renato Zoroastro (MDB) deixou de forma provisória a Câmara Municipal para assumir a Secretaria de Educação de Ouro Preto. Celso Maia Junior será o membro do Legislativo substituto, também pelo MDB. Essa faz parte de uma série de mudanças no secretariado da administração municipal para 2022.

 A primeira novidade anunciada foi a entrada de Leandro Moreira, ex-administrador da Santa Casa, na liderança da Secretaria de Saúde; depois, Renato Zoroastro no lugar de Rogério Fernandes na Secretaria de Educação; a arquiteta Camila Sardinha assume a nova Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação; Yuri Assunção assume a Secretaria de Governo no lugar de Felipe Guerra, que assumirá a nova Secretaria de Desenvolvimento Ecônomico, Inovação e Tecnologia; Valter Sacramento Fagundes é nomeado Secretário-Adjunto de Obras; a Secretaria da Casa Civil foi extinta e Zaqueu Astoni assume o cargo de Chefe de Gabinete.


Em um áudio encaminhado ao Mais Minas e à Rádio Real FM, Renato Zoroastro disse que deixar a Câmara de Ouro Preto para assumir a pasta foi uma decisão difícil de ser tomada. Ele conta que o convite foi feito há algumas semanas e que o fato de ser professor pesou na escolha de se tornar secretário de Educação municipal.

“Se fosse para ir para qualquer outra secretaria, eu, de antemão, agradeceria e teria recusado, mas, pelo fato de estar como vereador no momento e ser professor de formação, com licenciatura na UFOP e mestrado na educação, pesa bastante. Então, poder contribuir para trazer reconhecimento e valorização para essa classe é muito importante para mim, como política pública e como político de fato. É um desejo muito grande de colocar a educação de Ouro Preto no patamar que ela merece. Sabemos que vários gestores contribuíram ao longo desses anos, mas precisamos avançar em várias pautas, que foram frutos de requerimentos e indicações de minha parte na Câmara”, disse Renato Zoroastro.

O novo secretário de Educação assumirá os trabalhos de forma oficial nesta terça-feira, 4 de janeiro, quando tomará posse da pasta. De acordo com Renato Zoroastro, a secretaria levará em consideração a cultura participativa para executar os planos previstos na gestão.

“Sabemos que temos muita coisa para fazer, a ideia é justamente sentar o quanto antes com a equipe e as pessoas que vêm para somar e traçar um plano de ação, alinhar as metas, seguindo as leis orçamentárias e contribuir com a valorização e reconhecimento da educação no nosso município. Queremos trazer para a Secretaria de Educação a mesma base de tornar uma gestão participativa, escutando as pessoas, reinvindicações e as angústias. Através desse somatório de esforços e informações, construiremos uma educação melhor para a nossa cidade”, contou o novo secretário.

Por fim, Renato valorizou o seu trabalho à frente da Câmara Municipal, onde foi, inclusive, relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou a concessão dos serviços de água e esgoto de Ouro Preto para a Saneouro.

“Não foi uma decisão fácil, mas como sou professor me senti na obrigação de contribuir ainda mais com esse segmento. Participei de todas as reuniões ordinárias, fui em várias prestações de contas e audiências públicas. Poderão contar comigo como uma pessoa bem atuante e participativa, que gosta de escutar”, finalizou Zoroastro.

Apesar de assumir a Secretaria de Educação em 2022, Renato Zoroastro não dá certeza se permanecerá à frente da pasta até o fim do governo do prefeito Angelo Oswaldo (PV), principalmente pelo fato de ter o desejo de tentar uma reeleição como vereador de Ouro Preto. Apesar da incerteza, ele disse ao MM que deverá retornar à Câmara antes do término do mandato.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 3 de janeiro de 2022 às 18:35