O que você procura?

Surto em distrito e elevação nos casos de Covid-19 trazem alerta para Ouro Preto

Há uma preocupação maior na Secretaria da Saúde quanto ao distrito de Santo Antônio do Salto, onde se iniciou um surto do novo coronavírus.
Rômulo Soares 6 de janeiro de 2022 às 15:12
Tempo de leitura
4 min
Distrito de Santo Antônio do Salto, onde há surto de Covid-19 | Foto: Ane Souz / PMOP
Distrito de Santo Antônio do Salto, onde há surto de Covid-19 | Foto: Ane Souz / PMOP

Ouro Preto volta a registrar um crescimento considerável de casos de Covid-19. Apenas na primeira semana do ano, 97 novos casos foram confirmados, e a taxa de ocupação de leitos está com metade da sua capacidade ocupada. Desde o início da pandemia, foram confirmados 6.772 casos do novo coronavírus na cidade histórica, sendo 6.572 recuperados, 133 óbitos e atualmente cinco pacientes internados (sendo apenas dois ouro-pretanos).

Há uma preocupação maior na Secretaria da Saúde de Ouro Preto quanto ao distrito de Santo Antônio do Salto, onde se iniciou um surto de Covid-19. O primeiro caso foi confirmado no domingo, 2 de janeiro, e, até quarta, o número de infectados na comunidade foi superior a 15, segundo o secretário de Saúde municipal, Leandro Moreira.


No entanto, o Mais Minas apurou que o número de infectados em Santo Antônio do Salto chegou a 29. Foram 11 casos positivos no dia 4, nove casos na quarta e hoje mais nove positivados.

Beto Bernardo, morador de Santo Antônio do Salto, se manifestou através das redes sociais lamentando o surto, dizendo, inclusive, que mais de 20 pessoas haviam testado positivo para a Covid-19 no distrito. Número que não foi confirmado pela Secretaria de Saúde, que ainda segue no levantamento do número de casos. A pasta informou ao MM que ao final do levantamento de quinta-feira, 6 de janeiro, haverá uma divulgação da quantidade exata de infectados na comunidade.

“Comunidade do Salto pede socorro, até o momento são mais de 20 pessoas que testaram positivo para Covid-19. Deus queira que não, mas a tendência que esse número dispare. Peço às pessoas que não visitem o Salto nesse momento, cada um em suas casas até essa onda passar, pois a comunidade possui bastante pessoas idosas acima de 80 anos. Deus é maior”, publicou Beto Bernardo.

Leandro Moreira, secretário de Saúde que foi empossado na quarta-feira, 4 de janeiro, disse ao MM que o monitoramento em Santo Antônio do Salto foi intensificado nesta semana por conta do surto. Assim, todas as pessoas que tiveram contato com infectados pela Covid-19 ou possuem sintomas da doença serão rastreadas e testadas.

“A principal ação em relação ao Salto é uma equipe para atendimento diário. Ontem foi uma equipe com médico e enfermeiro, hoje tem também, amanhã e temos na programação da semana que vem para ir fazendo o monitoramento e intensificação da testagem”, contou o secretário.

No mês de dezembro de 2021, o distrito de Antônio Pereira passou por uma situação parecida e teve que regredir para a Onda Vermelha do programa Minas Consciente por 15 dias. Leandro Moreira não descartou a possibilidade de aumentar as restrições não apenas em Santo Antônio do Salto, como em toda cidade de Ouro Preto.

“Ainda estamos em meio a uma pandemia, há um aumento de casos e de pacientes sintomáticos respiratórios e estamos acompanhando diariamente a evolução do número de casos positivos. Se houver uma progressão, é possível que, não só Ouro Preto, como todo estado e país, tenha alteração nas ondas. Estamos em constante monitoramento, as ações estão sendo voltadas ao atendimento aos pacientes sintomáticos e a intensificação da testagem para a Covid-19. Em cima desses resultados que se define as próximas etapas”, disse o secretário de Saúde.

O MM também apurou que a Secretaria de Saúde de Ouro Preto deve se reunir para discutir a possibilidade de colocar Santo Antônio do Salto na Onda Vermelha no final de semana.

Surto de gripe

Leandro Moreira também informou ao MM que, além dos casos de Covid-19, também houve aumento considerável na procura por atendimento de pacientes sintomáticos respiratórios. Haverá a divulgação do levantamento da Secretaria de Saúde de quantas pessoas com tais sintomas procuraram as unidades no final da tarde de hoje.

O secretário de Saúde salientou que os cuidados de prevenção da Covid-19 — uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos — são os mesmos para a A H3N2 e, portanto, devem ser reforçados neste momento.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 6 de janeiro de 2022 às 15:32