O que fazer caso não esteja incluído no Cadastro Único?

Várias dúvidas surgiram quanto ao auxílio emergencial disponibilizado pelo Governo Federal no valor de R$ 600 por pessoa. Um dos requisitos principais para adquirir este benefício é estar cadastrado no Cadastro Único.

Porém, a pessoa que se enquadrar nos quesitos para receber o auxílio emergencial e não estiver no Cadastro Único, poderá fazer uma autodeclaração por meio do aplicativo lançado pela Caixa nesta terça-feira (7).

O auxílio emergencial de R$ 600 por mês dividido em três parcelas, que podem chegar até R$ 1.200 por família, irão começar a ser pagas entre a próxima quinta (9) e terça-feira (14). A última parcela mensal deve ser paga até o dia 29 de maio. Esta é uma ação do Governo Federal afim de aliviar o impacto econômico, principalmente para os trabalhadores independentes, por conta das medidas de contenção da pandemia do novo coronavírus.

Veja também: Quem pode receber R$ 1.200 do auxílio emergencial do Governo Federal?

 

Comentários