AtléticoAtlético ParanaenseBrasileirão 2019Copa AméricaCopa do BrasilCruzeiroEsporteFutebolGrêmioMineirãoPalmeiras

Quartas de final da Copa do Brasil começam hoje

Oito times disputam o primeiro jogo que vale vaga para as semifinais da competição

Hoje começam oficialmente as quartas de final da Copa do Brasil. Os jogos marcam, portanto, o retorno da temporada de 2019 do futebol brasileiro, que parou por um mês por causa da Copa América. Oito clubes de história no cenário nacional disputarão uma vaga para as semifinais do torneio. Lembrando que a competição é a que vale mais na América do Sul. Quem chegar à próxima fase receberá R$ 6,7 milhões. Então, o Mais Minas preparou para você uma análise de cada confronto.

Grêmio x Bahia

O primeiro jogo do confronto será entre Grêmio e Bahia, a partir de 19h15, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. As duas equipes já se enfrentaram neste ano, sendo o resultado 1 a 0 para os nordestinos. Entretanto, a partida de hoje se encontra em um contexto bem diferente. O Grêmio terá sua equipe bem reforçada para o jogo. Kanneman, recuperado de lesão nas costas, está de volta ao time. Cortez é outro que retorna e ocupará a lateral esquerda.

O maior destaque gremista é Éverton Cebolinha, campeão e artilheiro da Copa América, e que estará de volta ao time, logo mais. Por outro lado, o volante Maicon e o atacante Diego Tardelli são dúvidas. Mas mesmo assim, por jogar em casa e ter um plantel mais recheado de opções, pode-se considerar que o time gaúcho é o favorito.

No Bahia, Roger Machado, velho conhecido do Grêmio, deverá dar oportunidade para Eric Ramires no setor de criação do time. De resto, o time nordestino vem o mesmo que vinha jogando, com exceção de Ernando que se recupera de uma hérnia de disco. Com isso, entra Jackson na zaga titular. E no banco tem duas novidades: o meia Guerra, emprestado pelo Palmeiras, e o zagueiro Juninho.

Quartas de final da Copa do Brasil começam hoje
Crédito da foto? Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Palmeiras x Internacional

Às 21h30 está marcado o confronto entre os paulistas e gaúchos. O Palmeiras, vem de uma campanha incrível no Campeonato Brasileiro, com oito vitórias e um empate, e é líder invicto. Além disso, conta com o retorno de Gustavo Gómez, que está de volta da seleção paraguaia. Pelo grande desempenho do Porco na primeira metade do ano, e também por jogar em casa, o time paulista pode ser considerado favorito.

O Internacional, por sua vez, terá cinco alterações para a partida de hoje. O lateral Zeca, o volante Matheus Galdezani e o atacante William Pottker estão fora do jogo por lesão. Entre as novidades na escalação inicial estão: Bruno, que deve ocupar a lateral direita; Rodrigo Moledo, que será o zagueiro; e Rodrigo Dourado, atuando no meio de campo. Na frente, Patrick assume a ponta esquerda. Outra boa notícia para os colorados é que o vice-campeão da Copa América, com o Peru, Paolo Guerrero, retorna e será o centroavante do time gaúcho na partida.

Quartas de final da competição começam hoje
Crédito da foto: Ricardo Duarte/Internacional

Athletico-PR x Flamengo

Os rubro-negros se enfrentam hoje (10) na Arena da Baixada, às 21h30. Este confronto é uma reedição da final do mesmo torneio na edição de 2013, em que o clube carioca se sagrou campeão. Nikão deverá começar como titular no meio de campo e Marcelo Cirino, velho conhecido carioca, no ataque. Lucas Halter, após recuperar de lesão na coxa, deve ser titular na zaga, após saída de Thiago Heleno suspenso por doping. O Furacão conta com a força de seu estádio, onde é quase imbatível, para largar a frente de seu adversário.

Pelo lado do Flamengo, a partida será marcada pela estréia do treinador Jorge Jesus. O técnico já mudou o esquema tático do time para esse jogo, tirando Willian Arão e colocando Diego. Sendo assim, o rubro-negro carioca vai jogar com um volante apenas, o colombiano Cuéllar. A dupla de ataque será formada por Gabriel Barbosa e Bruno Henrique. Já Éverton Ribeiro, um dos destaques do Flamengo na temporada, deverá começar no banco, já que recupera de lesão no tendão de aquiles.

A expectativa é de uma partida e tanto, com o visitante como favorito, já que montou um super elenco para a temporada. Entretanto, o favoritismo flamenguista é muito ligeiro, já que o Athletico vem jogando de forma organizada e é uma equipe bem forte jogando em casa. As equipes disputaram a final da Copa do Brasil em 2013, tendo o Flamengo se sagrado campeão.

Quartas de final da competição começam hoje
Crédito da foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Cruzeiro x Atlético

Talvez este seja o confronto mais esperado das quartas de final da Copa do Brasil. A partida está marcada para amanhã (11), às 20h, no Mineirão. Apesar de o Cruzeiro ter conquistado o bicampeonato mineiro em cima do Atlético, há dois meses, o time celeste está num mau momento, dentro e fora de campo, o que preocupa o torcedor cruzeirense. Mas mesmo com problemas, existe a confiança pela tradição da Raposa no torneio. A equipe estrelada é a maior campeã da história do torneio, com seis títulos, e a atual bicampeã.

Atualmente, a Raposa ocupa a 18° colocação no Campeonato Brasileiro, somando oito pontos em nove jogos na competição. E se as cobranças e escândalos financeiros não bastassem, o time perdeu jogadores importantes como Lucas Silva, Raniel e Murilo, não sendo nenhum atleta contratado para suprir as perdas.

Já no lado atleticano, o time vem numa crescente após a saída de Levir Culpi. Rodrigo Santana foi efetivado depois de um bom rendimento no Campeonato Brasileiro, onde ocupa atualmente a 5ª colocação. O Galo conta, também, com o retorno do meia Otero, que voltou de empréstimo, e as contratações do lateral-esquerdo Lucas Hernández e do volante Ramón Martínez.

Apesar de os dois times se encontrarem em situação oposta, por ser um clássico, é difícil apontar um favorito. E essa disputa tem tudo para ser um dos maiores confrontos entre Galo e Raposa na história. Na última vez que os rivais se enfrentaram na Copa do Brasil, na final da edição de 2014, o Atlético se deu melhor, conquistando o troféu.

Quartas de final da competição começam hoje
Crédito da foto: Mineirão/Divulgação

Sob supervisão de Maic Costa.

Fechar