Seleção Brasileira joga mal e perde para o Peru, por 1 a 0

Por

A Seleção Brasileira entrou em campo, na madrugada de terça (10), para quarta (11), para enfrentar o Peru e saiu derrotada, por 1 a 0. O amistoso, disputado nos Estados Unidos, foi a reedição da final da Copa América 2019, vencida pelo Brasil.

Grande personagem da Seleção, o atacante Neymar entrou em campo somente no segundo tempo. Buscando dar rodagem para seus atletas, o técnico Tite iniciou a partida com Ederson; Fagner, Marquinhos, Militão e Alex Sandro; Casemiro, Allan e Philippe Coutinho; Richarlison, Firmino e David Neres. No decorrer da partida entraram Fabinho, Bruno Henrique, Neymar, Vinícius Júnior e Lucas Paquetá.

Com um gramado muito ruim, criticado inclusive por Tite, a Seleção Brasileira teve muita dificuldade na criação de jogadas e acabou fazendo um jogo abaixo da crítica. Por se tratar de um amistoso e render muitos testes, o Brasil não encontrou um ritmo de jogo constante e a falta de entrosamento pesou.

Apesar de ter muitas chances claras com David Neres, Allan e Coutinho, o Brasil não conseguiu marcar seu gol e acabou sendo “punido pela bola”. Aos 39 minutos da segunda etapa, após cobrança de falta de Yotún, Ederson saiu mal e Abram desviou de cabeça e abriu o placar para o Peru.

Depois do gol sofrido a Seleção ainda teve duas boas chances, uma delas bem clara, com Vinícius Junior, mas não conseguiu aproveitar.

BRASIL 0 X 1 PERU

BRASIL
Ederson; Fagner, Marquinhos, Militão e Alex Sandro; Casemiro (Fabinho), Allan e Philippe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (Vinícius Jr), Firmino (Neymar) e David Neres (Paquetá). Técnico: Tite.

PERU
Gallese; Advíncula, Zambrano (Santamaría), Abram e Trauco; Tapia, Aquino (Christofer González), Yotún, Gabriel Costa e Flores; Ruidíaz (Reyna). Técnico: Ricardo Gareca.

Local: Los Angeles Memorial Coliseum, em Los Angeles (EUA)

Data: 11 de setembro de 2019, quarta-feira

Árbitro: Jair Marrufo (EUA)

Assistentes: Franck Anderson (EUA) e Corey Rockwell (EUA)

GOL Abram, aos 39min do 2ºT

Cartões amarelos: Alex Sandro (Brasil); Aquino (Peru)

Tags : , , , , , ,

Postado em 11 de setembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.