Ultimate magazine theme for WordPress.

Governo de Minas assina decreto para reativar a linha de trem que liga Ouro Preto a Belo Horizonte

O Governo de Minas Gerais assinou um decreto que prevê a reativação da linha de trem que liga Ouro Preto a Belo Horizonte. O transporte ferroviário passa por Sabará, Raposos, Nova Lima, Rio Acima e Itabirito. A proposta é que o trecho seja para transporte de passageiros. No entanto, a antiga linha férrea em Itabirito foi retirada para a construção de uma avenida chamada José Farid Rhame.

O decreto assinado pelo governador Romeu Zema (Novo) trata da regulamentação da Lei 23.748/2020 que viabiliza a ativação de linhas ferroviárias de menor extensão, conectada à vias férreas de maior alcance. A ideia é que uma iniciativa privada atue nessas linhas através de uma outorga, que é o direito de uso emitido pelo estado.

Campanha Unimed

Além da linha que liga Ouro Preto à capital, o decreto inclui 19 projetos pré-definidos, divididos em transporte de cargas e de passageiros. Em Minas Gerais, os investimentos podem chegar a R$ 26,7 bilhões em obras de construção de ferrovias, material rodante e instalações fixas.

Em 2019, foi considerada a reativação do trecho ferroviário conhecido como “Linha Mineira” para ser uma alternativa segura para ligar Belo Horizonte a Ouro Preto e Mariana, por conta das ameaças de rompimento de barragens às margens da BR-356 e, além do forte apelo turístico. A iniciativa era tida pela Vale, mas que não se concretizou até então. Neste ano, a ideia retornou através do Governo de Minas Gerais, mas ainda sem iniciativa privada definida para arcar com a reativação da linha férrea.

LEIA MAIS:  Sine Mariana: confira a relação de vagas que estarão abertas nesta sexta-feira (23/07)

Inscreva-se para RECEBER diariamente uma lista com as nossas principais notícias. É GRATUITO!

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

COMENTÁRIOS