CulináriaNutrição e AlimentaçãoReceitasSaúde

Utilização do chá verde como aliado no emagrecimento

Segundo Regulamento técnico da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o chá é definido como o produto constituído de uma ou mais partes de espécie(s) vegetal(is) inteira(s), fragmentada(s) ou moída(s), com ou sem fermentação, tostada(s) ou não, constantes de Regulamento Técnico de Espécies Vegetais para o Preparo de Chás. O produto pode ser adicionado de aroma e ou especiaria para conferir aroma e ou sabor1.

O chá verde é aquele que possui em sua composição a planta Camellia sinensis. Atualmente essa bebida caiu no gosto popular devido ao seu sabor e aroma característicos, além das propriedades benéficas conferidas pelos seus componentes flavonoides e catequinas, que apresentam uma série de atividades biológicas, antioxidantes, quimioprotetoras, termogênicas, anti-inflamatórias e anticarcinogênicas.

Utilização do chá verde como aliado no emagrecimento
O chá verde é aquele que possui em sua composição a planta Camellia sinensis.

É cada vez maior o interesse pelo tratamento terapêutico contra a obesidade, e dessa forma, estão surgindo pesquisas sobre os potencias efeitos termogênicos de compostos como a cafeína e as catequinas, que são compostos que estão presentes no chá verde. Esses compostos em concomitância estimulam a termogênese e a oxidação de gordura corporal, reduzem a ingestão alimentar, a absorção lipídica, colesterol e triglicerídeos sanguíneos, e assim podem contribuir para uma perda de peso e melhora do perfil lipídico.

Torna-se evidente que o chá verde e seus componentes são eficazes para a prevenção e tratamento da obesidade e suas comorbidades, sendo uma alternativa de baixo custo, no entanto, não existem recomendações de uso e aplicações deste produto, nem se o mesmo deve ser utilizado como infusão das folhas, em cápsulas ou apenas seus compostos isolados; porém, alguns autores observaram que o consumo de 7 xícaras de chá verde por dia seria uma boa indicação para a prevenção de doenças cardiovasculares2. Em combinação com dieta e exercício físico equilibrados, esse consumo pode auxiliar no controle do peso e da composição corporal.

Não se pode deixar de enfatizar que são necessários mais estudos a fim de elucidar sobre a interação dos componentes do chá verde com os alimentos, os fatores antinutricionais, além dos potenciais efeitos adversos relacionados ao consumo do chá verde, bem como a definição da dose ideal de administração que não represente risco à saúde de seus usuários.

O emagrecimento eficaz requer a combinação de vários fatores, dentre eles a dieta hipocalórica, a realização de exercícios físicos regularmente e a mudança comportamental. O consumo do chá verde pode ser um aliado nessa missão, mas para usufruir dos benefícios é importante considerar alguns detalhes:

Quanto à forma de preparo: Deve-se esquentar a água até pouco antes da ebulição e despejá-la nas folhas de chá bem devagar e do alto, o que ajuda na redução do processo oxidativo.

A infusão deverá ficar abafada por um período de 2-3 minutos.

Quanto ao armazenamento: Não se recomenda que o chá verde seja armazenado por um longo período, pois ocorre perda dos compostos fenólicos.

 Quanto ao consumo: O chá verde deve ser ingerido entre as refeições a fim de não interferir na biodisponibilidade dos nutrientes provenientes das grandes refeições.

 

Referências

  1. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 277, de 22 de setembro de 2005. Regulamento Técnico para Café, Cevada, Chá, Erva-Mate e Produtos Solúveis. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 ago.2005.
  2. HERNARDEZ-FIGUEIROA, T., T; RODRIGUEZ-RODRIGUEZ, E.; SANCHEZMUNIZ, F. J. El té verde, uma buena elección para la prevención de enfermidades cardiovasculares. Archivos Latino Americanos de Nutrición, Caracas, v. 54, n. 4, p. 380-394, dez. 2004.
A melhor forma de ampliar o conhecimento é por meio do compartilhamento. São pequenas atitudes individuais que podem resultar em grandes mudanças na sociedade em que vivemos. Meu objetivo é contribuir para um mundo mais saudável, onde prevaleça a prevenção e manutenção da saúde, diminuindo assim o número de doenças e agravos; acredito que a nutrição seja um método eficiente na obtenção da qualidade de vida. Nutricionista, natural de Ouro Preto/MG, e uma admiradora da arte da escrita, almejo proporcionar saúde compartilhando meus conhecimentos de modo a agregar melhorias na vida do maior número de pessoas possível.

Leia também: Shakes emagrecedores: Perda de peso rápida, mas não saudável

Facebook Comentários

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios