Vinte anos de Harry Potter no Brasil: a saga que ajudou a formar leitores por todo o país

Ano 2000. Início de um novo milênio. Século XXI. Um momento crucial para muitas pessoas e para a vida futura. Uma nova era se abria para nós. Ao mesmo, tempo, um novo livro chegava ao mercado literário, no qual um garoto com uma cicatriz na testa, cabelos despenteados e óculos redondos, sem muitas expectativas, mas que viraria a vida de muita gente de cabeça para baixo. Foi o início de uma gigantesca saga que não demorou para migrar para os cinemas. Harry Potter: 20 anos do livro no Brasil. Bem-vindo, querido “trouxa”!

O livro foi lançado antes nos Estados Unidos no verão de 1998. “Harry Potter e a Pedra Filosofal“, de J.K. Rowling, foi lançado sem muitas pretensões, mas acabou dando início a uma história de sucesso que continua até hoje. Harry Potter pode não apenas ter um talento especial para a magia e a luta contra “você-sabe-quem”, mas também pode encantar crianças, adolescentes, jovens e adultos e inspirar o gosto pela leitura.

A história e os personagens cresceram à medida que o tempo passou. O primeiro volume ainda é muito leve, mas os últimos são claramente livros para jovens. Mas, independente da idade, essa obra tem a capacidade mágica de fluir a imaginação, fazendo com que o leitor entre no livro e também caminhe por Hogwarts, faça compras em Hogsmeade, entre na Floresta Proibida e conheça Ron e Hermione… e, é claro, procurar as Horcruxes!

Todos os fãs da saga que leram “A Pedra Filosofal”, têm lembranças de como foram atraídos para um mundo fantasioso que parecia tão real, tão vivo, tão verdadeiro. E ainda é assim, mesmo 20 anos depois. Muitas pessoas passaram a juventude lendo muito e ansiosos para o lançamento de cada novo volume. E cada um desses livros tocaram no íntimo do leitor, trazendo momentos de alegrias, lágrimas de emoção, corações acelerados e sonhos que conduziam o leitor para mundos em que gostariam de viver.

Com Harry, foi possível conhecer os mais variados níveis de sentimentos. Alegria e sofrimento estão frequentemente próximos no mundo mágico de Hogwarts. Enfrentamos juntos batalhas épicas, conheceu professores – tendo gostado de alguns e “amaldiçoado” outros. Aprendeu feitiços que, infelizmente, não funcionam na vida real.

Harry Potter é viciante e é muito educativo, então por que não apresentá-lo como um livro de leitura na escola? Por que não apresentar a obra aos novos pequenos leitores? Fazer com que elas se animem e se encantem com os personagens individuais e se sintam próximos deles. No meio deste sistema escolar defasado e muitas vezes um seio familiar corrompido, isso pode contribuir para amenizar, discutir e/ou trabalhar todos os problemas da escola, o cotidiano escolar com professores, colegas de escola e família. Amizade, ódio, brincadeiras, casos de amor são alguns dos temas possíveis de discussão do livro que se encaixam perfeitamente no mundo real… Por que não usar isso no dia a dia da escola de nossos filhos para conversar com eles? Harry Potter oferece abordagens e oportunidades em muitos níveis.

Harry Potter transformou e continua transformando crianças em leitores – mas não apenas crianças! Adultos também encontraram sua paixão pela leitura com o bruxo mais famoso do mundo e adquiriram o hábito de “devorar” livros. 20 anos. Sete livros. Oito filmes. Mais de quatrocentos milhões de exemplares vendidos em todo o mundo com tradução para 79 idiomas. Harry Potter é uma obra rica e faz parte de nossa história.

Comentários estão fechados.