Take a fresh look at your lifestyle.

Abstinência sem carência: Qualquer estilo de vida pode ser saudável 

Estamos no tempo da quaresma, período em que muitas pessoas optam por não consumir carne, em forma de sacrifício, visto que o consumo da proteína animal é um hábito já existente há séculos e apreciado por grande parte da sociedade; sendo muitas vezes considerado como o ponto alto de qualquer refeição, sendo geralmente classificado como prato principal de um cardápio.

Porém, existem aquelas pessoas que optaram por não consumir alimentos de origem animal não apenas durante um período do ano, mas  durante toda a vida, por variados motivos inerentes a cada pessoa adepta. Daí é comum surgir a dúvida sobre possíveis carências e/ou deficiências nutricionais causadas pela abstenção do consumo de carne e como substituir adequadamente esse grupo alimentar.

A preocupação mais comumente observada quanto à dieta vegetariana é relacionada ao consumo proteico, pois a carne é a proteína mais completa, contendo todos os aminoácidos essenciais ( aminoácidos que nosso corpo não consegue sintetizar e por isso devem ser fornecidos pela dieta), porém nosso corpo consegue combinar os aminoácidos de diferentes alimentos para formar uma proteína completa, bastando apenas que se tenha uma alimentação variada.

São boas opções proteicas para quem se abstém de proteína animal:

  • A soja é uma excelente alternativa às proteínas animais, pois proporciona uma fonte proteica completa, além de ser fonte de ômegas 3 e 6, vitaminas do complexo B, fibras e minerais.
  • As oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas) e sementes (gergelim, girassol, etc.) são excelentes fontes de proteínas, além de carboidratos, gorduras insaturadas, antioxidantes e fibras.
  • As leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico) são ricas em proteína e contém baixo teor de gorduras saturadas. Quando combinadas com cereais, sobretudo integrais (aveia, trigo, arroz, etc.) formam uma proteína completa, além disso são boas fontes de vitaminas do complexo B e minerais.

Vale lembrar que todos os nutrientes podem ser obtidos a partir de outros alimentos não cárneos, exceto a vitamina B12 que só é encontrada em alimentos de origem animal e, portanto, quando se opta por uma dieta vegetariana restrita deve-se fazer uso de suplementação artificial  desta vitamina.

Uma alimentação saudável não possui regras; não existe uma dieta geral que todos devem seguir, cada um deve fazer suas próprias escolhas de acordo com o que julga melhor para si, optando por consumir ou não determinado alimento ou grupo alimentar, adotando o estilo de vida que mais se adequa aos seus próprios ideais, mas preocupando-se sempre em fornecer todos os nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo, de modo a respeitar seus gostos e preferências mas sem causar prejuízos para a saúde.

Close