24.4 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 17 agosto 2022
Portal Mais MinasAgenda CulturalPaulinho Moska homenageia “Clube da Esquina” em Ouro Preto nesta quinta-feira, 7

Paulinho Moska homenageia “Clube da Esquina” em Ouro Preto nesta quinta-feira, 7

Dono de uma voz e jeito singular de tocar violão, o intérprete e compositor Paulinho Moska se apresenta em Ouro Preto nesta quinta-feira, 7. O evento é uma comemoração dos 50 anos de lançamento e sucesso do álbum mineiro “Clube da Esquina”. 

Em tributo (Mar Azul) ao também movimento musical Clube da Esquina, o artista já gravou a música dos irmãos Borges, (Lô e Márcio), “Quem Sabe isso Quer Dizer Amor”. Moska também se encontrou com Bituca (Milton Nascimento), e juntos gravaram um episódio do programa Zumbido, exibido pela TV Brasil. 

Admirador da música mineira, o cantor foi convidado para gravar a música “Muito Além do Fim”, com Lô Borges. 

Paulinho Moska ficou conhecido depois de emplacar o sucesso “O Último Dia”, tema de abertura da novela da Globo “O Fim do Mundo”. Ele também é proprietário dos sucessos “Pensando em Você”, “Idade do Céu”, “Namora Comigo”, entre outros. 

Carioca e filho do produtor da casa noturna  “Concha Verde”, um lugar badalado na década de 70, que recebeu shows de artistas como Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Hermeto Pascoal, os Paralamas do Sucesso, entre outros, Moska teve contato com renomados nomes da música brasileira desde muito cedo.  

Foi em um ambiente de boas referências sonoras que o Paulinho Moska cresceu e é justamente pelo bom gosto e boas alusões  que hoje ele se apresenta em Ouro Preto hoje, 5.

A semana foi de comemoração em Ouro Preto, lançado em março de 1972, o álbum “Clube da Esquina” é uma das riquezas do estado de Minas Gerais e trouxe relevantes influências para a música brasileira, pois nele, os artistas mesclam rock, o jaz e a música africana, esta última esteve (e está) muito presente no cotidiano mineiro, sobretudo pelo estado resguardar cidades que foram rotas para o “Ciclo do Ouro”, período de extração das riquezas mineiras que resultou na vinda de pessoas da África para o Brasil, estas pessoas trabalhavam sendo escravizadas no país, juntamente com a mão de obra e conhecimentos civis, essas pessoas contribuíram culturalmente na formação da identidade brasileira.

O álbum também revelou grandes talentos que consolidaram carreiras solos depois do movimento Clube da Esquina. Entre eles, três nomes que já passaram pelo palco do Centro de Convenções nesta semana, são eles: Lô Borges, que se apresentou na terça-feira, 4 e Flávio Venturini e Beto Guedes, que se apresentaram na última quarta-feira, 6.

Veja mais informações sobre os shows em homenagem aos 50 anos do Clube da Esquina:

Paulo Moska em Ouro Preto 

Data: 7/07
Horário: 20h
Local: Estacionamento do Centro de Artes e Convenções da UFOP 

Entrada: Gratuita

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: