27.9 C
Belo Horizonte
terça-feira, 16 agosto 2022

Show sertanejo em Ouro Preto (MG) custa R$ 130 mil aos cofres públicos

Contratada para a programação da festa de...

Ouro Preto já prepara seu tradicional carnaval para o ano de 2023

Com um dos carnavais mais tradicionais do...
Portal Mais MinasAgenda CulturalLô Borges em Ouro Preto hoje, 5 de julho; saiba tudo sobre o show

Lô Borges em Ouro Preto hoje, 5 de julho; saiba tudo sobre o show

A última vez que o artista esteve na antiga Vila Rica foi em 2014. Na ocasião ele se apresentou também com banda(como será hoje) no Largo do Rosário, com palco montado de frente para o hotel Solar do Rosário a rua ficou cheia de fãs e apreciadores da música de Lô Borges

Lô Borges se apresenta em Ouro Preto nesta terça-feira, 5 de julho. Homenageando o álbum no qual fez parte das composições, passando pela produção musical e também como intérprete, “Clube da Esquina”, o belo-horizontino já divulgou em suas redes sociais sobre o show de logo mais, que vai acontecer na Praça da Ufop, no Estacionamento do Centro de Artes e Convenções da universidade.

A última vez que o artista esteve na antiga Vila Rica foi em 2014. Na ocasião ele se apresentou também com banda (como será hoje) no Largo do Rosário, com palco montado no adro da Igreja do Rosário, levando uma multidão ao local.

Quem é Lô Borges 

Pode parecer estranho para muitas pessoas, sobretudo para quem possui mais de 30 anos, entretanto, muitos jovens, seja por falta de educação cultural ou desinteresse, podem não conhecer os principais movimentos musicais de seu país, e em um deles, o Clube da Esquina, Lô Borges está intimamente inserido. 

O Clube da Esquina surgiu na década de 60, quando diversos compositores se reuniam no cruzamento das ruas rua Divinópolis e rua Paraisópolis, no bairro Santa Tereza, que fica na capital mineira. Eles, que antes disso fizeram amizades, eram apenas jovens com boas influências que só queriam fazer música despretensiosamente. Ali naquela esquina os “meninos” Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Flávio Venturini, Fernando Brant, Toninho Horta, Wagner Tiso, Tavinho Moura, entre outros, se reuniam para fundir o rock, o jazz, a música afro-brasileira, a música hispânica e por fim a mineira. E, mesmo quando as noites eram frias em Belo Horizonte, o grupo de músicos propunha verdadeiros espetáculos para quem ia e vinha. 

Depois de participar do Clube da Esquina, Lô Borges desenvolveu trabalhos solos, CDs e DVDs, do qual saíram outros grandes sucessos como “Feira Moderna”, que não é sua composição, mas ficou conhecida em sua voz, “A Força do Vento”, e outros. 

Lô Borges no álbum  “Clube da Esquina” 

O álbum “Clube da Esquina” possui um valor inestimável na formação da estética musical brasileira e mineira. Não é ser bairrista dizer que o produto musical do grupo remete ao estado das montanhas, do minério e do queijo, pois, mesmo que despretensiosamente, foi o que os “meninos” conseguiram fazer, um estilo musical que transporta as pessoas para as Minas Gerais, um dos principais nomes do disco que ganhou o Brasil e mundo é Lô Borges. 

Com apenas 20 anos de idade Lô Borges já possuía uma bagagem musical extensa, assinando músicas importantes para o álbum “Clube da Esquina”. Conheça algumas canções do artista dentro do CD!

Um Girassol da Cor de Seu Cabelo 

Com influência de Beatles, trazendo arranjos eruditos, uma bateria propositalmente desafinada (ou afinada fora dos padrões convencionais à época) e uma letra romântica, “Um Girassol da Cor de Seu Cabelo” ganhou público e crítica quando foi lançada junto com um dos álbuns mais prestigiados da história de música brasileira. 

A música foi composta e gravada na voz de Lô Borges. 

Tudo Que Você Podia Ser

A música de abertura do álbum é cantada por Milton Nascimento. É uma parceria musical realizada por Lô Borges e seu irmão Márcio Borges. A obra recebeu uma viola caipira e instrumentos percussivos que entregaram um charme especial. Parte da letra, também emociona: “Com sol e chuva você sonhava, queria ser melhor depois, você queria ser o grande herói das estradas, tudo que você queria ser”. 

Trem Azul 

A música “Trem Azul” é um verdadeiro hit de Minas Gerais. Assinada por Lô Borges e Ronaldo Bastos, é uma canção atemporal, principalmente pelo grande número de ferrovias presentes no estado, ou as lembranças de estações de trem, ou maria fumaça, como muitos preferem chamar, que hoje é um patrimônio presentes em muitas cidades de Minas. “Você pega o trem azul, o Sol na cabeça”. 

Nuvem Cigana 

Uma canção leve e profunda ao mesmo tempo, assim podemos definir a música “Nuvem Cigana”, composta pelos irmãos Borges (Lô Borges e Márcio Borges). A canção recebeu arranjo de cordas e sopros que remetem às praças sempre muito musicais das cidades mineiras. 

Outras músicas de Lô Borges no álbum Clube da Esquina 

Como podemos perceber, Lô Borges teve uma expressiva participação do álbum “Clube da Esquina”. Outras canções que o levaram ao destaque como compositor foram: 

Estrelas – Lô Borges e Márcio Borges 

Paisagem na Janela – Lô Borges e Fernando Brant 

Trem de Doido – Lô Borges e Márcio Borges 

Comemoração dos 50 anos do álbum “Clube da Esquina” em Ouro Preto, show com Lô Borges 

Por se tratar de um show em comemoração de meio século do álbum “Clube da Esquina”, o que se espera é que Lô Borges interprete canções de sucesso do movimento musical belo-horizontino. Agora, aos 70 anos, o artista também pode propor produções musicais realizadas em álbuns solos. 

Ficou com vontade de conferir este grande show? Saiba mais abaixo! 

Data: 5/07 (terça-feira)
Horário: 20h
Entrada: gratuita
Classificação: livre

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: