Escola em Conselheiro Lafaiete tem atividades suspensas após avaliação de operação da Vale
Prefeito Mário Marcus anuncia medida preventiva - Crédito da imagem: Prefeitura de Conselheiro Lafaiete/Facebook

Neste sábado, 7 de março de 2020, a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete, juntamente com a Vale, resolveu que irá realocar os alunos e docentes da Escola Municipal Meridional para outro estabelecimento de ensino. Por hora, as aulas no educandário estão suspensas após a Vale  ter feito uma reavaliação técnica de parte da pilha de estéril de Morro da Mina, operação de manganês da Vale, localizada próximo à escola, que apresentou índices que requerem uma atenção especial com relação à sua estabilidade.

Para a Prefeitura de Lafaiete, a Vale se comprometeu em apresentar, já na próxima semana, alternativas de alocação provisória dos alunos, visando garantir a continuidade das aulas sem prejuízo aos mesmos.

Ainda nas tratativas com a empresa, ficou firmado o compromisso da doação ao município de um terreno e a construção uma nova escola na região pela mesma.

Participaram da reunião com a Vale, o prefeito Mário Marcus e o Secretário de Educação, Moises Matias, além do Diretor de Convênios, José Silvestre. A Defesa Civil Municipal também participou das reuniões e informa que continuará acompanhando o monitoramento dos procedimentos da VALE em relação a pilha de estéril.

Prefeitura por medida de segurança suspende as aulas no atual prédio da Escola Meridional

Em reunião com a empresa VALE, na tarde de ontem, sexta feira 06/03 às 17h30 , a Administração Municipal recebeu informações sobre o processo de reavaliação técnica de parte da pilha de estéril localizada próximo a Escola Meridional, que, apresentou índices que requerem uma atenção especial com relação a sua estabilidade.Visando a segurança dos alunos e de todo educandário a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete após reuniões com a empresa durante todo o sábado 07/03, decidiu suspender imediatamente as aulas no local a partir de segunda feira 09/03.A empresa se comprometeu com o Município apresentar já na próxima semana alternativas de alocação provisória dos alunos em outro estabelecimento de ensino, visando garantir a continuidade das aulas sem prejuízo aos mesmos.Nas tratativas com a empresa ficou firmado o compromisso da doação ao município de um terreno e a construção uma nova escola na região pela mesma.O Prefeito Mário Marcus e o Secretário de Educação Moises Matias juntamente com o Diretor de Convênios José Silvestre estiveram a frente de todas as negociações.A Administração Municipal continuará mantendo o diálogo constante com a empresa visando a retomada o mais breve possível das aulas.A Defesa Civil Municipal também participou das reuniões e continuará acompanhando o monitoramento dos procedimentos da VALE em relação a pilha de estéril.Participaram da reunião, representando a empresa o Sr. Fábio Cerqueira, Gerente das Unidades de Manganês, o Sr. Ulisses Diniz, Gerente da Unidade Lafaiete, O Sr. Romário Galter, Gerente de Reparação e Desenvolvimento, o Sr. Ilton Cunha, Engenheiro de Minas, a Sra. Thaís Oliveira, Gerente de Relações Institucionais e outros.

Posted by Prefeitura de Conselheiro Lafaiete on Saturday, March 7, 2020

Em nota, a Vale informou que “dará toda a assistência necessário para que as atividades da escola sejam continuadas com o menor impacto possível para alunos e corpo docente até que a situação seja normalizada“.

Comentários do Facebook

Receba notícias do Mais Minas através do nosso grupo oficial do WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequado. Participe: ENTRAR.

Faça parte também das nossas redes sociaisFacebook e Instagram. Siga o Mais Minas no Google Notícias clicando aqui.