O que você procura?


Mirando prêmio milionário, Atlético recebe Fluminense pela Copa do Brasil

Por ter se classificado para a Libertadores na última temporada, o Atlético iniciou a competição a partir da terceira fase e, até então, já arrecadou R$ 7,85 milhões com o torneio.

Rômulo Soares 15 de setembro de 2021 às 12:22
Tempo de leitura
3 min
Foto: Pedro Souza/Atlético
Foto: Pedro Souza/Atlético

O Atlético está a 90 minutos de conseguir arrecadar mais dinheiro em premiação com a competição “mais cara” do continente. Depois de vencer o Fluminense no jogo de ida, no Rio de Janeiro, por 2 a 1, o Galo recebe o tricolor carioca no Mineirão no confronto da volta e pode até empatar com qualquer número de gols que avança para as semifinais da Copa do Brasil.

Caso o Atlético seja semifinalista da Copa do Brasil, o Galo arrecadará mais R$ 7,5 milhões em premiação com a competição. Por ter se classificado para a Libertadores na última temporada, o Alvinegro iniciou a competição a partir da terceira fase e, até então, já arrecadou R$ 7,85 milhões com o torneio. O clube mineiro pode quase dobrar ess valor se passar pelo Fluminense logo mais.

LEIA TAMBÉM:  Com gols de Diego Costa, Hulk e Vargas, Atlético vence o Sport e chega aos 45 pontos

Tanto Atlético quanto Fluminense chegam para o confronto em boa fase. O Galo vem de uma sequência de oito jogos sem perder, enquanto o tricolor carioca, desde que perdeu para o Alvinegro, também está invicto, com três vitórias e um empate.

Para a partida, o técnico Cuca não poderá contar com Nathan Silva, pois já disputou a competição pelo Atlético-GO, e Savarino que está lesionado. Porém, o treinador teve a grata recuperação de Tchê Tchê, que estava machucado.

Já pelo outro lado, Paulo Henrique Ganso e Hudson estão lesionados e não jogam. Cazares também não poderá atuar por conta do regulamento da competição, que não permite que o mesmo jogador atue por mais de uma equipe ao longo do torneio.

Provável escalação do Atlético: Everson; Mariano, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernandez; Hulk e Vargas. Técnico: Cuca.

LEIA TAMBÉM:  Histórico! Cuca é o treinador com mais vitórias no Brasileirão de pontos corridos

Provável escalação do Fluminense: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro, Danilo Barcelos; André, Nonato e Yago; Luiz Henrique, Caio Paulista e Fred. Técnico: Marcão.

Atlético e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira, 15 de setembro, às 19h, no Mineirão. A partida terá transmissão do Premiere e SporTV.

Tabu

Atlético e Fluminense já se enfrentaram três vezes em mata-mata, duas pela extinta Copa Conmebol e uma pela Copa do Brasil. O primeiro confronto aconteceu em 1992, pela competição internacional, com uma vitória carioca por 2 a 1 no Rio de Janeiro. No jogo da volta, o Galo atropelou o Flu com uma goleada por 5 a 1 e avançou na competição que iria se sagrar campeão.

Em 1993, ambos os times se enfrentaram novamente pela Copa Conmebol e foi uma vitória por 2 a 0 para cada lado em seus domínios. O Atlético avançou na disputa de pênaltis, por 4 a 2.

LEIA TAMBÉM:  Soberania! Atlético tem apenas uma derrota contra o xará goianiense na história

Já na Copa do Brasil, o confronto aconteceu em 2000, também em uma quartas de final assim como é hoje. Foram dois empates acirrados, com 3 a 3 no Rio de Janeiro e 2 a 2 em Belo Horizonte. Com o critério do gol qualificado, que não existe mais atualmente, o Atlético avançou.

A classificação do Atlético em 2000 marcou, inclusive, a primeira vez que o clube chegou em uma semifinal de Copa do Brasil. De lá pra cá, o Galo alcançou tal estágio três vezes: 2002, 2014 (campeão) e 2016 (vice).