Governo de Minas Autoriza a Realização de Concurso Público Com 16 Mil Vagas

A SEPLAG, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais, autorizou a realização de Concurso Público que irá prover 16,7 mil vagas. As oportunidades ofertadas irão contemplar 47 Superintendências Regionais de Ensino do Estado.

Do total, 16 mil vagas serão para para Professores de Educação Básica Regente de Aula (Professores de Disciplinas) enquanto que as outras 700 para Especialistas em Educação Básica. O edital do Concurso Público já está em fase de elaboração.

Confira a Seguir o anúncio do Concurso Público na íntegra Realizado Pelo Governo de Minas Gerais:

Governo de Minas Gerais autoriza realização de concurso para a Educação
Serão 16 mil vagas para professor regente de aula e 700 para especialistas

A Comissão de Orçamento e Finanças, da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag), autorizou a realização de concurso público para o provimento de 16 mil vagas para o cargo de Professor de Educação Básica Regente de Aula (professores de disciplinas) e 700 vagas para o cargo de Especialista em Educação Básica.

As vagas vão abarcar todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino do Estado. O edital de concurso e o termo de referência para a contratação de empresa já estão em fase de elaboração pela Seplag.

Para a secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, a realização de concurso público na Educação vai ao encontro da política de valorização do servidor e traz consequências positivas para a qualidade da Educação.

“Quando assumimos a gestão, em 2015, tínhamos um quadro de pessoal no qual menos de 1/3 era de servidores efetivos. Com grande esforço, chegamos agora em 2017 à marca de mais de 50 mil servidores nomeados. Em algumas carreiras, como a de professor, o índice de efetivos chega a 42%; mas em outras já ultrapassamos os 70% de efetivos. São dados que devem ser comemorados, porque não há dúvida que vão impactar positivamente no desenvolvimento de nossos estudantes”, ressalta Macaé.

“Este novo concurso vem se juntar a essa nossa política de valorização do servidor e vai contribuir para que, no ano que vem, a gente consiga a maioria de servidores efetivos no conjunto das carreiras da Educação”, afirma a secretária.

Leia Também:

DEIXE SEU COMENTÁRIO