Homem que publicou vídeo usando droga com dinheiro do Auxílio Emergencial é preso

Um homem de 24 anos foi preso em Bom Jesus do Galho (MG), no dia 30 de abril, após publicar um vídeo nas redes sociais em que ele debocha do Auxílio Emergencial que ele diz ter recebido. O suspeito usa droga e promove um churrasco com o que ele diz ser dinheiro do governo.
Durante o vídeo, o homem ainda rir do presidente da República: “Otário. Mandou R$600 real pra mim. Nunca trabalhei na vida. Muito obrigado tá Bolsonaro, comédia”, disse o suspeito.
De acordo com Ivan Sales, delegado responsável pelo caso (regional de Caratinga ), consta no banco de dados da Polícia Civil de Minas Gerais que o homem que aparece no vídeo já possuía um mandato de prisão junto ao órgão. “Esse vídeo causou uma indignação muito grande nas pessoas aqui da cidade. Foi uma prisão de suma importância por ser um traficante, que desrespeitou o poder estatal”, disse o delegado sobre o caso.
A Polícia Civil entendeu que além de debochar do Auxílio Emergencial pelo fato de ter dito nunca ter trabalhado de forma lícita, apontando que a festa estava sendo promovida com o dinheiro do benefício, ele apareceu fumando um cigarro que se assemelha ao de maconha, e rir de instituições públicas. Sales também diz que o preso cometeu além de todos os crimes mencionados acima, a prática de injúria por xingar o presidente da República
Após realizar a prisão do homem, a Polícia Civil notificou à Polícia Federal, pois compete a essa segunda investigar o possível crime de falsidade ideológica no preenchimento do cadastro para o recebimento do Auxílio Emergencial.

Comentários estão fechados.