Manifestantes protestam contra projeto de abuso de autoridade e a favor de Moro, na Praça da Liberdade

Por

Quem passou pela Praça da Liberdade na manhã deste domingo (25), pôde ver centenas de manifestantes que bradavam contra o Projeto de Lei 7.596/17, que visa combater diversos tipos de abuso de autoridade. Os manifestantes, trajando em sua maioria vestimentas verde e amarelas e muitas bandeiras do Brasil se concentraram com faixas e brados contra o PL. O protesto começou por volta das 10h e durou cerca de duas horas.

Segundo os manifestantes, apoiadores da direita, no Brasil, o projeto dificultaria a atuação de magistrados e agentes públicos no combate ao crime. A manifestação foi organizada pelo movimento Vem pra Rua Minas.

Além das críticas ao Projeto de Lei, alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e parlamentares foram atacados. Segundo os manifestantes, eles não estariam trabalhando em prol do bem do Brasil e descumprindo promessas de campanha.

Sérgio Moro

Outro enfoque da manifestação era o apoio ao Ministro da Justiça, Sérgio Moro. Faixas, cartazes e camisas estampadas com o nome e rosto de Moro. Material de apoio ao presidente Jair Bolsonaro também podia ser visto. Brados pela continuidade da prisão do ex-presidente Lula era mais uma pauta abordada.

Protesto contra queimadas

Curiosamente, na tarde de ontem (24), ativistas foram à mesma Praça da Liberdade para protestar contra as queimadas na Amazônia e criticar a atuação do presidente Jair Bolsonaro acerca do problema.

Repercussão

Após a manifestação, muitos internautas e autoridades foram ao Twitter comentar a manifestação. Vejamos algumas das reações:

Veja também: Governo anuncia privatização dos Correios e outras estatais; veja a lista

Deixe seu comentário

Tags :

Postado em 25 de agosto de 2019