Mariana: a capital nacional do mountain bike

Por

Casarões coloniais, igrejas seculares, cachoeiras imperdíveis e um povo mais que acolhedor. Essas são apenas algumas das características de Mariana, a cidade sede da maior competição de mountain bike da América Latina: o Iron Biker Brasil. A primeira capital do estado de Minas Gerais, símbolo de riquezas naturais e culturais, se mostra cada vez mais charmosa e exuberante aos seus 323 anos. Pela sexta vez seguida, a competição esportiva é realizada em solos marianenses, se tornando um grande polo do ciclismo brasileiro.

De 12 a 15 de setembro, cerca de dois mil atletas, de diversos locais do Brasil e do mundo, estarão em Mariana se aventurando pelas trilhas da região, desbravando e se encantando em vários cantinhos dos distritos. Serão dias de muito suor e adrenalina, onde a competitividade estará afiada para os competidores, que vão encarar subidas e descidas íngremes, com altimetrias desafiadoras.

“Estou ansioso para os dias da maratona. Será, mais uma vez, uma experiência incrível estar em Mariana, reconhecer o percurso das montanhas, além de poder visitar novamente os pontos turísticos do município. A população é muito receptiva e que acolhem, de fato, quem chega de outros locais. Então, acredito que será magnífico, tenho certeza disso. A ansiedade está demais. Estou contando os minutos para competição”, disse o atleta Marconi Ribeiro, de Brasília (DF).

Mariana: a capital nacional do mountain bike

Crédito da foto: Reinaldo Santos

Cidade acolhedora e hospitaleira

Além de contar com características coloniais singulares, Mariana também tem como riqueza a hospitalidade da sua gente. A forma como o marianense recepciona quem chega é um dos pontos fortes da personalidade cultural formada pelos habitantes da histórica cidade mineira. Para a moradora Ana Lúcia da Silva, de 52 anos, falar da hospitalidade da população significa falar de lugares vividos e convividos dentro de um mesmo círculo social.

“É gratificante ter esse reconhecimento de ‘povo acolhedor’. Nós, marianenses, ficamos felizes em saber que o nosso jeito de ser é falado e elogiado por diversas pessoas do Brasil. Queremos receber de forma carinhosa qualquer cidadão do bem que chega em nossa cidade. Aguardamos, felizes, os mais de dois mil ciclistas que vão chegar para a competição. O nosso município está e sempre esteve de braços abertos para recepcioná-los”, afirmou a dona de casa.  

Relação harmoniosa

A saudável e frutífera relação entre Iron Biker e a cidade de Mariana tem evoluído a cada ano. A forma como o morador local abraça a competição tem se tornado ponto fundamental para que os trabalhos cresçam com o passar do tempo. A cidade tem se tornado polo para o turismo esportivo não só no mês de setembro, mas durante o ano inteiro. São hotéis e pousadas com ocupações máximas, restaurantes cheios e atividades de lazer batendo recorde de visitações.

“O Iron Biker é especial para mim por conta do meu comércio e é de suma importância para a economia de Mariana. As minhas vendas aumentam, significativamente, no mês de setembro com a competição. Hoje, posso dizer que é a melhor época do ano para mim”, disse a comerciante Carla Lamarca.

Segundo um dos organizadores da prova, Lucas Fonda, Mariana é uma cidade única e de uma singularidade excepcional, que vai desde o acolhimento das pessoas até as características do seu relevo. “Digo que criamos uma relação de amor e carinho pelo município e pelos cidadãos. Como é incrível para nós da organização ver a cidade cheia, ver um marianense lucrando em seu comércio, ver um ciclista arrebentando nas trilhas, ver os hotéis e pousadas completamente lotados e o mais importante: ver o sorriso no rosto dessas pessoas. Para nós, é uma honra estar e fazer parte dessa cidade de alguma forma. Por isso, queremos ver a Praça Minas Gerais repleta de marianenses nos dias da competição”, afirmou.

Mariana: a capital nacional do mountain bike

Crédito da foto: Reinaldo Santos

Programação | Iron Biker Brasil 2019

Data: 12, 13, 14 e 15 de setembro.
Local: Praça Minas Gerais, Mariana/MG.

Dia 12/09 (Quinta-feira)

16h às 20h – Entrega de kits.
18h às 20h – Programação cultural com show.

Dia 13/9 (sexta-feira)

10h às 22h – Entrega de kits.
19h – Rolê Noturno saindo da Praça Minas Gerais.
19h30 às 21h30 – Programação cultural com show.

Dia 14/9 (sábado)

8h30 – Abertura oficial e largada do percurso completo (A) = 92km.
9h30 – Largada do percurso reduzido (B) = 57km.
14h30 às 16h30 – Programação cultural com show.

Dia 15/9 (domingo)

8h30 – Largada do percurso completo (A) = 66,5km.
9h30 – Largada do percurso reduzido (B) = 53,5km.
13h às 15h – Programação cultural com show.
15h – Premiação.

Tags : , , , , , , , ,

Postado em 10 de setembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.