Mascotes do Cruzeiro, Raposão e Raposinha visitam a Comunidade da Figueira

Por

Na manhã da última sexta-feira (13), a Comunidade da Figueira recebeu a visita dos mascotes do Cruzeiro. O Raposão e a Raposinha fizeram a festa com os mais de sessenta alunos da entidade. Durante o encontro eles aproveitaram para tirar fotos, cantar e dançar o hino do clube junto com os símbolos do azul celeste.

Solange Ribeiro, coordenadora da Figueira, destaca que tudo que acontece na Comunidade é de extrema importância para os atendidos. “É a visita, a importância do momento, de se lembrarem da Figueira, pois os nossos meninos não tem condições de irem até a capital, nós que proporcionamos isso para eles. Para eles, Raposão e Raposinha só existem na televisão, mas hoje eles estiveram aqui, de verdade. E essa interação é muito importante para mostrar que eles também têm condições de vivenciar esse tipo de experiência”, concluiu a coordenadora.

Crédito da foto: Comunidade da Figueira

A iniciativa de trazer os mascotes surgiu após uma visita que a entidade fez a Toca da Raposa II, em maio deste ano para conhecer o clube e os jogadores. Porém, na ocasião, o Raposão e a Raposinha não estavam presentes, então, tanto o Cruzeiro com a Comunidade manifestaram o desejo de que eles viessem até Mariana para conhecer a estrutura filantrópica.

Para Júlio César de Castro, responsável pela área de eventos do Cruzeiro, foi uma alegria imensa poder estar em contato com a entidade. Segundo ele “quando a gente visita uma instituição assim, a gente sai até mais leve com a alegria dos meninos”, e acrescentou que “as portas do clube estão abertas para a Comunidade da Figueira”.

A Comunidade da Figueira é uma entidade totalmente filantrópica que atende pessoas com deficiência (PcD) há 29 anos, atualmente 65 usuários são acolhidos no local, de segunda a sexta, de 7h às 17h.

* Com informações da Comunidade da Figueira

Deixe seu comentário

Postado em 17 de setembro de 2019