22.8 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 8 agosto 2022

Olha elas! Ana Canãs em Ouro Preto e Roberta Sá em Mariana; fique por dentro desses shows

A natalense Roberta Sá levará o seu show “Sambasá” para Mariana. Já a paulistana Ana Cañas vai subir ao palco do Tudo é Jazz Festival em Ouro Preto às 23h do mesmo dia.
Portal Mais MinasOuro PretoChega a 265 o número de desalojados em Ouro Preto

Chega a 265 o número de desalojados em Ouro Preto

Mesmo com a diminuição do nível pluviométrico, Ouro Preto segue sofrendo com as concorrências das chuvas. Na manha de segunda-feira, 13 de janeiro, um enorme desabamento atingiu dois imóveis na Praça da Estação, por conta de um deslizamento de terra. No bairro Taquaral, também já há movimento de material e risco iminente de deslizamento.

Com as consequências das chuvas, pessoas seguem tendo que deixar suas casas. De acordo com o boletim da Defesa Civil Municipal, o número de desalojados em Ouro Preto é de 265. Além disso, há 47 pessoas que perderam suas casas e um óbito. Estão nos abrigos públicos, 35 pessoas na sede e 12 no distrito de Cachoeira do Campo.

O Tenente do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Pedro Aihara, explicou o motivo de deslocamentos de terras persistirem, mesmo sem chuva em Ouro Preto, que passou o último fim de semana com diversas enchentes e deslizamentos devido ao alto nível pluviométrico na cidade.

“É fundamental lembrarmos que, por mais que não chova na cidade mais, o risco geológico continua muito alto devido as fortes chuvas que acometeram a região, que acabam fazendo com que o solo fique saturado de água e essa saturação pode gerar em movimento de massa mesmo que a chuva não aconteça”, explicou.

A vice-prefeita de Ouro Preto, Regina Braga (Republicanos), disse ao Mais Minas que lamenta os ocorridos pelas chuvas na cidade e que será preciso muita força para reconstruir o município.

“É com sentimento de tristeza e de solidariedade que a gente enfrenta esse momento difícil aqui em Ouro Preto, com as tragédias das chuvas, hoje esse incidente gravíssimo no Morro da Forca. Eu queria, primeiramente, agradecer e parabenizar o trabalho das nossas forças de segurança, Defesa Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, que agiram rapidamente e salvaram muitas vidas, porque aquela via é de muito acesso, tanto de veículo quanto de pedestres. Peço a Deus força e coragem para reconstruirmos Ouro Preto e apoiar, estar do lado de quem teve perdas materiais, teve que sair de suas residências. Agradeço ao povo de Ouro Preto pelas orações e pelas mensagens de consideração e força. Agradeço aos voluntários e as doações recebidas até então. Servidores e parceiros, UFOP, enfim. São muitos. A gente só agradece. A palavra é gratidão, força, coragem, fé que nós vamos vencer mais esse momento difícil”, disse Regina Braga.

Os pontos de interdição no trânsito de Ouro Preto são:

  • Praça da Estação
  • Caminho da Fábrica
  • Volta do Vento
  • Rua Vereador José Teixeira
  • Ladeira João Paiva
  • Rua Salvador Trópia
  • Rua das Violetas
  • MG-129
  • Rua Boa Esperança
  • Acesso a Lírios do Campo
  • Pacífico Homem
  • Rodrigo Toffolo
  • Águas Férreas
  • Acesso principal para Mariana

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: