É fato que para que haja perda de peso é necessário que o consumo de calorias seja reduzido. No entanto, não basta simplesmente escolher o alimento a ser consumido baseando-se simplesmente em seu valor energético, pois esse pode ser um grande erro.

As calorias têm grande importância no processo de emagrecimento, visto que é preciso que o gasto de energia seja maior que a quantidade consumida. Mas, só contar calorias não é suficiente. É preciso que sejam escolhidos alimentos de boa qualidade nutricional.

Um alimento pode ser pouco calórico, mas pobre em nutrientes e rico em açúcar, por exemplo; desse modo, essa não seria a melhor opção para quem busca uma vida saudável. Por outro lado, um alimento pode ter um valor calórico um pouco mais alto, mas ser fonte de vitaminas e minerais e rico em gorduras boas, o que faz dele a melhor alternativa para uma refeição.

+ Onde a fome se esconde?

Observar a qualidade e a procedência das calorias é essencial para que seja possível alcançar uma alimentação saudável. A qualidade precisa sempre ter maior destaque que a quantidade. Para tanto, o ideal é que os alimentos in natura tenham preferência no dia a dia, e que o consumo de industrializados seja reduzido até o mínimo possível. Sendo assim, não é necessário conceder exagerada atenção à contagem das calorias de uma refeição, mas sim, selecionar melhor os itens a serem colocados no prato, cuidando para que conste as porções mínimas recomendadas de representantes de  cada grupo alimentar.

COMENTÁRIOS
Share.

Nutricionista, natural de Ouro Preto/MG, e uma admiradora da arte da escrita, almejo proporcionar saúde compartilhando meus conhecimentos de modo a agregar melhorias na vida do maior número de pessoas possível.