Polícia investiga morte de menina de 10 anos de Furquim, distrito de Mariana

NEWSLETTTER

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:

Escolha o tipo e/ou às localidades que você deseja receber notícias -

Destaques

Em meio à crise, site ajuda a divulgar pequenas empresas de Uberlândia

Um grupo de pessoas de Uberlândia criou o site Sem Corona para ajudar a divulgar os negócios locais que...

Prefeitura de Mariana lança “Disk Aglomeração”, para denunciar quebras do isolamento

A cidade de Mariana, na região dos Inconfidentes, é uma das três cidades mineiras que já registraram óbitos causados...

Globo transmitirá final da Copa do Mundo de 2002 no domingo (12)

Parece ironia querer sentir alegria na época da pandemia? Bom, pelo menos para o fã de futebol, sim. Os...

Previsão do tempo em Minas Gerais de segunda-feira (06/04)

Nesta segunda-feira (6), áreas de instabilidade atmosféricas que ainda atuam na divisa dos estados de Minas Gerais e Goiás...

Estudo revela que remédio antiparasitário pode parar o coronavírus em 48 horas

Pesquisas recentes mostram que a droga Ivermectina pode matar o novo coronavírus, que causa o Covid-19, em 48 horas....

A população de Furquim, distrito de Mariana (MG) amanheceu triste neste sábado (15) após a Polícia Militar de Minas Gerais confirmar a morte de Ingridy Cristina Zacarias Borges, de 10 anos de idade, que estava desaparecida desde a tarde de sexta-feira (14).

O corpo da criança estava em um matagal que fica às margens da linha férrea que liga Furquim a outras cidades, a 2 km de distância de onde vivia. A menina foi encontrada sem vida por populares da cidade que, ao constatarem o corpo, acionaram a polícia.

A causa da morte de Ingridy ainda não foi divulgada, porém investigadores da Polícia Civil apuram a possibilidade dela ter sofrido violência sexual antes de ser morta. No seu corpo, que foi encontrado coberto por folhas, havia sinais de enforcamento.

O corpo de Indridy foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Itabirito. Chocados com a morte da criança, moradores de Furquim estão neste momento na praça central do distrito aguardando a chegada do corpo da menina, que está previsto para chegar às 00h. O sepultamento da menina está previsto para acontecer às 9h deste domingo (16).

Além de aguardar a chegada do corpo da memina, a população de Furquim está organizando uma manifestação para reivindicar às autoridade a instalação de um posto policial no local.

O delegado Cristiano Arantes aguarda o resultado da necropsia, que será entregue nos próximos dias.

No mesmo dia em que a menina sumiu, uma ocorrência de furto foi registrada na cidade. Os moradores acreditam que a morte de Ingridy tenha ligação com o crime, porém a polícia não confirmou esta informação. Contudo, populares insistem na hipótese, pois os objetos que foram registrados na ocorrência de furto, uma TV e um botijão de gás, foram encontrados próximos ao corpo da menina.

Esse é o segundo caso de desaparecimento de criança seguido de morte no estado de Minas Gerais. Nessa sexta-feira (14), o corpo de Eduardo Ferreira de Oliveira, mais conhecido como Dudu, de 2 anos, foi encontrado  em um lago localizado em Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O menino estava desaparecido há 50 horas antes de ter sido encontrado sem vida.

A última vez que Dudu foi visto, ele estava brincando no quintal da casa onde morava. A polícia está investigando o caso.

 

- Advertisement -