The news is by your side.

Projeto de Lei que incentiva a prática esportiva por mulheres é aprovada em Itabirito

A Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Itabirito da última segunda-feira (1), foi marcada pela aprovação do Projeto de Lei número 42/2024, de autoria do vereador Fabinho Fonseca (Avante), que tem como principal objetivo a instituição da Política Municipal de Apoio e Incentivo à Mulher no Esporte em Itabirito. O principal objetivo do projeto é criar condições para o acesso igualitário das mulheres às práticas esportivas no município além de ampliar a presença feminina nos cargos de liderança do meio esportivo.

Leia também: Projeto “Trilha Empreendedora” é lançado em Itabirito

Leia também: Prefeitura de Itabirito inaugura pista de Pump Track na cidade

A Proposta

De acordo com as informações repassadas pela Comunicação da Câmara Municipal de Itabirito, a política proposta será implementada por meio de ações e programas com foco na promoção da igualdade de gênero no esporte e o incentivo à participação feminina em todas as modalidades esportivas, além do desenvolvimento das lideranças esportivas dentro da organização.

Dentre as medidas, estão previstas campanhas de conscientização e sensibilzação sobre a importância da participação feminina no esporte, ações de capacitação e formação para mulheres interessados em cargos técnicos, de arbitragem, gestão esportiva, entre outros.

Serão estabelecidas parcerias com instituições esportivas, escolas e entidades locais com o objetivo de garantir o acesso igualitário das mulheres às instalações esportivas com o objetivo de oferecer treinamentos e competições

Estudo indica as barreiras que as mulheres enfrentam à frente do esporte

De acordo com o estudo divulgado pela Ciência da Bola que ressalta as dificuldades enfrentada pelas mulheres em cargos de liderança à frente das equipes, seja como treinadoras, coordenadoras, preparadoras e auxiliares técnicas. De acordo com o levantamento realizado em 2013, os números de mulheres no esporte ainda estão muito abaixo, se comparado aos homens. Em 259 federações esportivas, de 22 modalidades no Brasil, apenas 7% dos técnicos são mulheres. Além desse número preocupante, 71,4% das federações pesquisadas não possuem mulheres registradas em cargos de liderança.

Clique no link e confira o estudo de Heidi Jancer Ferreira sobre o “Percurso das Mulheres como Técnicas Esportivas no Brasil.”

No fim de 2023, a TV Justiça divulgou o documentário “Mulheres no Esporte”, em que retrata a luta feminina para conquistar o direito de participar de competições e os preconceitos que enfrentam até hoje. Vale a pena conferir!

Projeto encaminhado

Com a aprovação em Redação Final, o Projeto de Lei foi encaminhado para sanção ou veto do Poder Executivo de Itabirito.