Em apresentação oficial, Sampaoli fala em voltar a ter Atlético no ataque

Por Rômulo Soares
0 comment

O técnico Jorge Sampaoli foi apresentado oficialmente na tarde desta segunda-feira (9), na Cidade do Galo. O argentino já chegou mostrando o seu jeito de trabalhar. Concedeu uma entrevista de 24 minutos e deu suas impressões sobre o que viu na vitória no clássico de sábado (7), sobre o elenco Atlético e suas projeções com a equipe que irá disputar o Campeonato Brasileiro.
Quanto a vitória no clássico contra o Cruzeiro por 2 a 1 no último sábado no Mineirão, Sampaoli elogiou a torcida, disse que a vitória foi importante para manter o Atlético vivo no estadual e trazer empolgação de volta ao torcedor. Porém, sobre o futebol nas quatro linhas, o técnico argentino disse que o desempenho deixou a desejar. “O clássico foi um jogo muito nervoso, teve muita peleja, muita superação, mas pouco futebol”, comentou o treinador.
Com suas ponderações, o novo treinador do Atlético comentou sobre seu estilo de jogo ofensivo e que quer brigar com times de ponta do futebol brasileiro. “Sobre meu estilo de jogo, falo só uma palavra: ataque. Para mim, temos que resgatar isso. Acho que o time está um pouco apagado, temeroso. Minha ideia é que a gente encare com agressividade qualquer equipe que estiver à nossa frente”, pontuou Jorge Sampaoli.

Elenco

Quanto ao elenco do Atlético, que tem recebidos algumas críticas após as eliminações precoces na Copa Sul-Americana e Copa do Brasil, o novo treinador do Atlético disse que vai criar um diagnóstico de cada jogador e avaliar quais serão os nomes ideais para sua nova proposta de jogo. “Primeiro, vamos diagnosticar o que temos (de jogadores). Planejar uma forma de jogo. Vamos trabalhar duro para que isso aconteça. Minha motivação é devolver o otimismo à torcida”, disse Sampaoli.
Questionado sobre o que achava de Ricardo Oliveira, jogador que foi alvo de Sampaoli em 2019 quando treinava o Santos, o técnico disse que o centroavante era um nome viável para a equipe santista na época devido à carência na posição e o baixo custo do atleta. Entretanto, o treinador afirmou que tanto Ricardo quanto Di Santo não têm condições de exercer o que ele pensa como futebol, mas que irá observar a dupla para definir como utilizá-los no decorrer da temporada.

Goleiros

Em apresentação oficial, Sampaoli fala em voltar a ter Atlético no ataque

Crédito das fotos: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético


Sampaoli tem a característica de gostar de goleiros que têm bom desempenho jogando com os pés, algo que é carente no Atlético há tempos. Victor e até o Cleiton, criado na base do Galo e vendido recentemente ao Bragantino, demonstraram deficiência na reposição de bola para construir as jogadas.
Porém, Jorge Sampaoli disse que irá avaliar os quatro goleiros que estão no elenco atleticano: Victor, Rafael, Michael e Matheus. “Goleiro, para nós, é fundamental. É quem inicia o jogo. É fundamental temos um goleiro que jogue (com os pés). Vamos avaliar os goleiros que estão aqui. Sabemos que essa maneira de jogar não é a maneira que o Atlético está acostumado”, declarou o novo treinador.

Contratações

Quando o presidente Sérgio Sette Câmara anunciou a contratação de Jorge Sampaoli em sua conta oficial no Twitter, foi repercutido na imprensa que o treinador argentino teria feito a exigência de contratar cinco nomes recomendados pelo técnico.
Mas na entrevista coletiva de sua apresentação, Sampaoli disse que irá conversar com a diretoria e que será responsável pelas ações neste momento. “O que achamos que falta (jogadores), vamos conversar com a diretoria. A partir de agora, as decisões serão minhas. Junto com o presidente, vamos tratar de formar o melhor time possível”, declarou o treinador.

Roger Guedes

Em apresentação oficial, Sampaoli fala em voltar a ter Atlético no ataque

Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético


O atacante de 23 anos, Roger Guedes, está no Brasil e, segundo fontes ligadas aos jogador existe uma procura do Atlético quanto ao retorno do atleta. E ainda, a informação é de que detalhes contratuais já estariam acertados, mas que o maior empecilho seria o acordo com o Shandong Luneng, clube chinês que detêm os direitos do atacante.
Roger Guedes teve uma breve e marcante passagem pelo Atlético em 2018, disputando 28 jogos com a camisa alvinegra, marcando 13 gols e dando três assistências.
Veja também: Com gol de Otero no final, Atlético vence o Cruzeiro no Mineirão

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS