Muitas expressões caem no gosto popular e assim passam a ser reproduzidas tantas vezes que nem mesmo paramos para questionar qual o sentido delas. Um bom exemplo disso é o famoso termo: “de araque”, que utilizamos nas mais diversas situações. 

Quando nos referimos a algo ou alguém caracterizando como “de araque”, estamos afirmando que trata-se de algo sem valor, ou falso. Sendo, portanto, um termo estritamente pejorativo.

 A origem desse insulto está em uma bebida chamada “arak”, a qual é tradicionalmente consumida em países do Oriente Médio e foi trazida ao Brasil por imigrantes árabes de origem não-muçulmana. O arak é um licor à base de uvas e anis, com alto teor alcoólico, que, pode ter 50% de álcool ou mais. Em geral, ele é consumido diluído em água, adquirindo assim uma coloração leitosa.

Por se tratar de uma bebida muito forte, o drink é capaz de rapidamente deixar uma pessoa alcoolizada; sendo assim, uma consequência comum é que ela comece a falar besteiras, ou mesmo contar histórias duvidosas. Daí surgiu, então, a expressão pejorativa “de araque” para se referir a algo que é tão sem credibilidade quanto as falas de uma pessoa de porre.

Portanto, é importante lembrar que a expressão não tem a ver com a qualidade da bebida (que muitos podem apreciar), mas com as consequências que podem ser geradas com seu consumo. Sendo assim, por questões de segurança, melhor evitar consumir produtos e/ou acreditar em histórias ou profissionais classificados como “de araque.” 

COMENTÁRIOS
Share.

Nutricionista, natural de Ouro Preto/MG, e uma admiradora da arte da escrita, almejo proporcionar saúde compartilhando meus conhecimentos de modo a agregar melhorias na vida do maior número de pessoas possível.