A alimentação e seu poder exercido sobre o câncer de próstata
Franciele Santana é nutricionista e colunista do Mais Minas

O câncer de próstata possui inúmeros fatores relacionados, tanto positiva quanto negativamente; no presente artigo nos limitaremos a falar sobre a influência do fator nutricional.

No que se refere aos fatores que favorecem a carcinogênese, alguns estudos indicam que a obesidade pode ser um fator que predispõe ao câncer de próstata devido ao fato de que células adiposas acumulam substâncias tóxicas que induzem a inflamação, estimulando a proliferação celular descontrolada ou modificando a produção de hormônios masculinos.

Outras pesquisas relacionam o consumo de carne vermelha ao aumento do risco de formas agressivas de câncer da próstata; além disso, os alimentos defumados e as carnes bem passadas e submetidas a altas temperaturas (por exemplo os churrascos) são as que representam maiores riscos. Alimentos embutidos (linguiças, presunto, salame), enlatados e defumados são ricos em nitritos e nitratos, substâncias químicas que se transformam em nitrosaminas, que são conhecidas como um potente agente cancerígeno.

Outro ponto que merece atenção é o consumo frequente e excessivo dos corantes, conservantes, acidulantes e adoçantes presentes nos alimentos industrializados, visto que tais substâncias podem favorecer a formação e o desenvolvimento do câncer.

Em contrapartida existem também os alimentos que protegem contra o aparecimento do câncer, dentre eles podemos citar aqueles que possuem licopeno em sua composição (tomate, pitanga, goiaba, melancia, etc.); os vegetais crucíferos como brócolis, couve-manteiga, repolho e couve-flor, que possuem fitoquímicos que auxiliam na diminuição de proliferação das células cancerosas.

Outro possível aliado na proteção contra o câncer de próstata é o resveratrol, que é um  polifenol encontrado principalmente nas cascas e sementes das uvas escuras,o qual pode agir em diferentes fases da carcinogênse reduzindo, portanto, o risco de desenvolver o câncer de próstata.

O consumo de alimentos orgânicos também é considerado um fator protetor contra o câncer de próstata, visto que os agrotóxicos podem favorecer a ocorrência desta neoplasia.

A alimentação tem importante papel na promoção da saúde; uma alimentação inadequada pode favorecer a ocorrência do câncer de próstata da mesma forma que uma alimentação saudável pode ser benéfica na sua prevenção. A chave para a luta contra o câncer de próstata é desviar dos fatores de risco e explorar os fatores de proteção.

Comentários do Facebook

Receba notícias do Mais Minas através do nosso grupo oficial do WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequado. Participe: ENTRAR.

Faça parte também das nossas redes sociaisFacebook e Instagram. Siga o Mais Minas no Google Notícias clicando aqui.