Correção: Explosão em zona rural de Mariana-MG foi causada por queda de árvore, e não por queda de aeronave

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e a Polícia Civil concluíram que o barulho de explosão ouvido por uma sitiante, em uma região na zona rural de Mariana-MG, trata-se da queda de uma árvore, supostamente em uma rede elétrica, e não da queda de uma aeronave, como publicado anteriormente, o que explicaria o estrondo causado. Segundo informações do Radar Geral, a confusão se deu porque uma sitiante ouviu uma explosão após a passagem de aeronaves. Então, concluiu erroneamente que se tratava da queda de uma pequena aeronave em uma mata fechada.

O céu na Região dos Inconfidentes foi movimentado nos últimos dias, entre Mariana e Ouro Preto, com a presença de aeronaves do Instituto Estadual de Florestas (IEF) que sobrevoavam a região de queimadas do Parque Estadual do Itacolomi, com o intuito de auxiliar no combate do incêndio florestal, que já dura três dias. Também houve movimentação de helicóptero da Polícia Civil.

A conclusão dos Bombeiros e Polícia Civil ocorreu após horas envolvendo ações de ambas as corporações no local, com a hipótese da queda de uma aeronave de pequeno porte. Contudo, não foi encontrado nenhum destroço de um possível acidente envolvendo aeronave. A mata é densa e de difícil acesso, o que dificultou o trabalho a identificação das causas da explosão.

LEIA MAIS