Belo HorizonteTurismo

Belo Horizonte recebe o Seminário Cidades e Destinos Turísticos Inteligentes

Nas próximas quinta e sexta-feira (19 e 20 de setembro), o auditório Juscelino Kubitschek, da Prefeitura de Belo Horizonte recebe, a partir das 9h, a segunda edição do Seminário Cidades e Destinos Turísticos Inteligentes. O evento, que faz parte do “fuTURISMO – Programa de Pesquisa e Inovação Turística”, tem como objetivo estimular e promover o debate sobre as políticas públicas e sobre as iniciativas de mercado voltadas para o tema das cidades e dos destinos turísticos inteligentes. As inscrições para o evento estão esgotadas.

A programação conta com a participação de profissionais reconhecidos internacionalmente para dois dias de painéis e workshops. O seminário está dividido entre painéis, na parte da manhã, e workshops à tarde. O primeiro dia será dedicado a estudos de casos e oficinas relacionadas à temática das cidades inteligentes. Os presentes poderão conferir apresentações de exemplos de sucesso e boas práticas internacionais que tornam os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver. O evento terá início com o painel “As transformações digitais e o futuro do turismo urbano”.

Programação

19 de setembro

09h – Credenciamento e café de boas-vindas

09h30 – Abertura oficial

10h – Painel “As transformações digitais e o futuro do turismo urbano”

12h – Almoço

14h às 18h – Curso de Branding – Sala 2

14h às 18h – Curso de Transformação Digital – Sala 3

20 de setembro

09h – Credenciamento e café de boas-vindas

09h30 – Painel “As práticas inovadoras e os destinos turísticos gastronômicos”

12h – Almoço

14h às 18h – Curso de Storytelling – Sala 2

14h às 18h – Curso de Design Thinking – Sala 3

Cidades Inteligentes

“O conceito de cidades inteligentes se define pelo uso da tecnologia para melhorar a infraestrutura urbana. Atenta aos movimentos globais relacionados ao tema, a Belotur, como órgão competente pelas políticas públicas e desenvolvimento das atividades turísticas em Belo Horizonte, continua na busca por estimular o debate crítico e o apoio à inovação que reforça o desenvolvimento sustentável do turismo na capital mineira”, afirma Gilberto Castro, presidente da Belotur.

Na sexta-feira, o foco será a gastronomia como elemento indutor dos destinos turísticos inteligentes. A proposta é tratar sobre o futuro do setor, das relações e dinâmicas do turismo gastronômico e dos processos inovadores neste segmento de relevância para vários destinos turísticos.

Rusty Marcellini, pesquisador e comentarista de gastronomia, mediará o painel “As práticas inovadoras e os destinos turísticos gastronômicos”, que terá como palestrantes convidados Clément Chevrette, diretor da Smart Food Paris, Cesar Lopez Lazo, vice-presidente da Peruvian Experience Lima, Santiago Edo, fundador e CEO da Reviewr Florianópolis e Mariana Gontijo, idealizadora e proprietária do Armazém Roça Grande, em Belo Horizonte. A programação segue na parte da tarde, com workshops de Storytelling e Design Thinking.

Vale lembrar que o destaque para o segmento corrobora o trabalho desenvolvido pela Belotur em prol da candidatura de Belo Horizonte para integrar a Rede Cidades Criativas da Unesco pela Gastronomia. O seminário foi incluído no dossiê de candidatura como um dos processos de desenvolvimento gastronômico de Belo Horizonte.

Leia também: Minas Gerais se destaca com 471 cidades no Mapa do Turismo Brasileiro

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar