Ultimate magazine theme for WordPress.

Guardas Municipais protestam contra reajuste salarial da Prefeitura de BH

Os Agentes da Guarda Municipal de Belo Horizonte realizaram uma assembleia na Praça da Estação, na manhã dessa quarta-feira (11) e decidiram recusar a proposta do reajuste salarial proposto pela Prefeitura. Com isso, os servidores fizeram uma caminhada pela região Central da cidade, atravessando a Praça Sete e passaram pela avenida Afonso Pena, em direção à Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção para se manifestarem.

Após isso, durante a tarde de hoje, os Agentes de Segurança Pública realizaram um protesto em frente ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Com gritos contra o pagamento integral do 13º salário integral à categoria antes do Natal, os manifestantes foram contra a decisão do Ministério Público (MP) de ter pedido a suspensão do trâmite financeiro por parte do Estado para garantir a bonificação natalina.

Durante os protestos da tarde, a avenida Raja Gabáglia foi parcialmente bloqueada e os manifestantes gritaram palavras contra o poder Judiciário de Minas Gerais. Os manifestantes levaram um carro de som para o local e gritam que “se o Estado não pagar, a polícia vai parar”. E também, diversas críticas foram feitas às procuradoras Sara Meinberg Duarte e Maria Cecília Borges, que, inclusive, teve sua foto em um caixão. Ambas são responsáveis pelo pedido de suspensão da operação financeira.

Reajuste

A Prefeitura de Belo Horizonte apresentou, na última segunda-feira (9), o reajuste salarial e negociação a respeito da carreira dos agentes. Dentre as propostas, estava a antecipação do pagamento de férias, prêmio para todos os guardas que estão com processo, na folha de janeiro. Com isso, o sindicato convocou os servidores para uma assembleia geral, mas a proposta foi recusada, o que gerou na caminhada pelo centro da capital mineira.

Nas redes sociais do sindicato foram transmitidos vídeos ao vivo do ato da Guarda Municipal.

Servidores da Guarda Civil Municipal rejeitam proposta da Prefeitura de Belo Horizonte sobre a Campanha Salarial 2019 e fazem caminhada da Praça da Estação até a Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção.

Posted by Sindibel Sindicato on Wednesday, December 11, 2019

Leia também: Alexandre Kalil lidera pesquisa eleitoral à Prefeitura de Belo Horizonte com 43,6%

Comentários do Facebook