Construtora abre 700 vagas para obra na região Norte do estado de MG

A construtora Odebrecht está com 700 vagas abertas em Montes Claros, cidade localizada no Norte de Mina Gerais. A contratação dos profissionais, que é temporária, será para a construção de uma fábrica de medicamento da Eurofarma.

Os postos de trabalho ofertados pela Odebrecht têm salários que variam de um salário mínimo a R$ 8 mil, a depender da vaga almejada. Há vagas disponíveis para as funções de ajudante, armador, bombeiro, carpinteiro, eletricista, encarregado (diversos), motorista de caminhão (leve e pesado), operadores diversos, pedreiro, pintor, almoxarife, apontador, auxiliar administrativo, assistente administrativo, técnico administrativo, técnico de enfermagem do trabalho, técnico de medição, técnico de qualidade, técnico de segurança do trabalho, topógrafo e zelador.

Os trabalhadores contratados terão, no mínimo, um contrato de trabalho de dez meses, podendo ser prorrogado por até três anos.

As vagas, por enquanto, estão abertas somente para pessoas residentes em Montes Claros. Para todas as vagas é exigida experiência mínima de seis meses na função. Além disso, por causa da pandemia do novo coronavírus, a empresa não contratará pessoas acima dos 60 anos.

Os profissionais interessados em algumas das oportunidades, e que se encaixem nos requisitos das vagas, devem encaminhar currículo para o e-mail [email protected] ou enviá-lo pelo WhatsApp (38) 99961-6175.

A seleção será feita por meio de análise curricular e entrevistas. O trabalho tem previsão de início para o dia 3 de agosto de 2020.

Instalação da unidade da Eurofarma em Montes Claros

A empresa Eurofarma está construindo sua unidade no Distrito Industrial ll (Estrada da Produção – região Norte da cidade). A empresa adquiriu 250 mil metros na área para construir o empreendimento, que receberá investimentos de cerca de R$ 600 milhões.

O Distrito Industrial II será totalmente integrado à malha viária da cidade, através da Estrada da Produção e do Anel Rodoviário Norte. Ele contará com um parque que ocupará 200 mil metros quadrados de área verde. “A criação do novo Distrito será o início de um novo ciclo de desenvolvimento em Montes Claros, semelhante ao experimentado quando da criação do primeiro, no final da década de 1960. E a nossa equipe, seguindo a determinação do prefeito Humberto Souto, irá trabalhar para atrair o maior número possível de novas empresas para o município, gerando emprego e renda”, destacou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Edilson Torquato, em outubro de 2019*.

Com a instalação da Eurofarma, Montes Claros se consolida como Polo Farmacêutico, pois grandes empresas do ramo, como a Novo Nordisk (que produz insulina), a Vallée (medicamentos veterinários) e a Hipolabor (medicamentos), já possuem unidades na cidade. Além da fábrica, que produzirá principalmente antibióticos, a Eurofarma também vai instalar em Montes Claros um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos.

A empresa – A Eurofarma é a primeira multinacional farmacêutica brasileira com capital 100% nacional. Reconhecida pela comunidade médica e pela sociedade por promover o acesso à saúde e à qualidade de vida com tratamentos a preço justo, qualidade e inovação, a companhia está presente em 20 países. Além do Brasil, conta com operações próprias na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai, Equador, Venezuela, Paraguai e América Central (Guatemala, Belize, Costa Rica, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Panamá e República Dominicana), mantendo também escritórios no México e em Moçambique.

Com 45 anos de existência, se posiciona com destaque nos segmentos em que atua: Prescrição Médica, OTC, Genéricos, Hospitalar, Licitações, Oncologia, Serviços a Terceiros e Veterinária. Em seu portfólio constam mais de 280 produtos e, em 2016, foram mais de 290 milhões de unidades de medicamentos produzidas. No ano passado, o Grupo atingiu uma receita de R$3,3 bilhões, 15,7% superior ao ano anterior. O Grupo Eurofarma conta com cerca de 6.500 colaboradores, somando todas as suas unidades.

* Com informações da Prefeitura de Montes Claros.

Comentários