Corrida: Saiba como começar com segurança

A corrida é um dos esportes mais democráticos que existe. Precisamos de poucos detalhes para começar, e não precisamos dispor de um alto recurso financeiro. Inúmeras pessoas apenas compram seus tênis, uma roupa confortável para a prática de esportes e vão para as ruas. Esses foram alguns fatores que fizeram com que a corrida tivesse uma grande procura, além do aumento de corredores no Brasil ano após ano.

Existem inúmeras razões, além das mencionadas acima, que explicam esse crescimento tão expressivo do esporte. Qualidade de vida e saúde são justificativas utilizadas pelos praticantes. Apesar de a corrida ser uma modalidade individual, o lado social do esporte é um dos fatores determinantes, sendo observado pelo crescimento do número de grupos e assessorias de corrida, onde as pessoas encontram seus parceiros de treino, de viagens, de provas e acabam criando laços além do esporte.

As assessorias de corrida auxiliam seus corredores, pois são formadas por profissionais de Educação Física. Em muitas ocasiões possuem parcerias com outros profissionais da saúde, o que favorece seus alunos com diversas orientações. Infelizmente ainda existem corredores iniciantes que não procuram boas recomendações para iniciarem a sua prática. O que vemos são pessoas iniciando na modalidade e treinando por conta própria, sem avaliações prévias e sem o mínimo de segurança. Confira abaixo um passo a passo adequado para um início seguro na modalidade.

+ Sedentarismo: Confira os principais passos para abandonar esse hábito

Avaliação cardíaca e fisiológica

Quando falamos sobre a prática de exercícios física, fazemos uma ligação direta com a saúde. Entretanto, para que isso seja um fato precisamos nos atentar com alguns detalhes, como por exemplo, a importância de uma Avaliação Médica. Consideramos tal procedimento como o primeiro passo para quem deseja iniciar em algum desporto como a corrida. Apesar das atividades aeróbicas contribuírem para a redução do risco de doenças cardiovasculares e ajudarem também em seu tratamento, um início repentino e sem respaldo de um profissional da medicina pode ocasionar a conhecida morte cardíaca súbita.

Um bom médico do esporte fará uma análise completa do seu caso, desde a busca de seu histórico, até exames que darão respostas sobre suas condições fisiológicas e cardíacas para uma observação mais detalhada. Além de entender sobre toda a sua história, um dos pontos importantes é o histórico familiar, pois sabemos que fatores hereditários contribuem para o desenvolvimento de patologias cardiovasculares. Quando falamos de exames que analisem o funcionamento cardíaco, temos o teste cardiopulmonar ou ergoespirométrico como padrão ouro. Além de observar possíveis alterações e patologias cardíacas, este exame pode ser utilizado para levantar dados fisiológicos que serão aproveitados por um professor de educação física especializado na área, na programação os treinos do corredor.

+ 5 dicas para potencializar seus treinos em casa

Avaliação biomecânica da corrida

Nos últimos anos vem se tornando uma prática comum a realização do que chamamos de avaliação biomecânica. Direcionada não só para corredores, mas para todos que desejam iniciar algum exercício físico ou quem necessita solucionar algum problema músculo esquelético. Esse tipo de avaliação investiga dados sobre o movimento humano, ou seja, como nós nos movimentamos em determinada tarefa. Um exame como este serve para entendermos o comportamento motor e assim contribuir para o tratamento e/ou redução do risco de uma lesão, permitindo aos profissionais da saúde, a escolha de uma intervenção mais adequada para cada caso, com o objetivo de ser mais assertivo e eficiente na reabilitação ou no recondicionamento físico.

Esse tipo de mapeamento do indivíduo vem sendo muito utilizado por médicos ortopedistas como um exame complementar aos seus achados clínicos e aos exames de imagem do paciente, o que aumenta as chances de sucesso do tratamento.

Avaliação nutricional

Outra avaliação muito conhecida e de grande importância é o acompanhamento nutricional, com ele você terá toda rotina adaptada e pensada de acordo com a sua realidade e necessidade, considerando não só a sua prática esportiva diária, mas também todo o seu dia. Um bom controle alimentar contribui para a performance dos seus treinos, na sua recuperação, no desempenho de suas tarefas diárias, e assim gera resultados positivos em diversos aspectos. Durante as fases de treino de corrida é imprescindível acompanhar e determinar metas para o controle do seu percentual de gordura, afinal sabemos que taxas elevadas ou fora do contexto para um corredor, pode prejudicar seu desempenho, além de aumentar as cargas nas articulações. Em muitas ocasiões onde temos questões hormonais e outras comorbidades para serem investigadas e tratadas, o caso acaba sendo trabalhado de forma interdisciplinar com a presença de um endocrinologista, nutrologo, e outros profissionais dependendo da necessidade.

O passo a passo apresentado até o momento é adaptável dependendo das reais necessidades de cada indivíduo, mas lembre-se que começar da forma correta reduz suas dores de cabeça no futuro e faz com que você economize tempo e dinheiro no longo prazo. Aguardem as próximas matérias com muitas informações sobre a prática da corrida.

Comentários