Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Depois de um jejum de quatro jogos, Atlético vence o Santos no Horto

Depois de quatro jogos sem vencer, o Atlético voltou a ganhar no Campeonato Brasileiro após bater o Santos por 2 a 0 neste domingo (20), no Independência. Os autores dos gols foram Luan e Leonardo Silva, ainda no primeiro tempo. Com o resultado, o time fica nove pontos acima da zona de rebaixamento e a sete pontos de distância do G6.
O Atlético abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo e mesmo com a demora na revisão no VAR, o árbitro confirmou o gol atleticano. O Santos tentou responder com cruzamentos mais ousados, entretanto, não conseguiu.
Depois de um jejum de quatro jogos, Atlético vence o Santos no Horto
Torcida do Atlético – Crédito da foto: Reprodução/Twitter
Com o triunfo do último jogo, o Galo chega a 35 pontos, mas permanece no 12º lugar da tabela. Esta é a primeira vitória do time sob comando do técnico Vagner Mancini. O Santos, que estava sem perder a seis jogos, permanece na terceira posição, com 51 pontos.
Na próxima rodada, o Atlético irá enfrentar o São Paulo. A partida será no próximo domingo, às 16h, no Morumbi. Um dia antes, o Santos entra em campo contra o Corinthians, às 17h, no Itaquerão.

Ficha técnica – Atlético 2 x 0 Santos

Local: Estádio Independência, Minas Gerais (BH)
Data/Hora: 20/10/2019, às 16h.
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes do VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN) e Flavio Gomes Barroca (RN)
Cartão Amarelo: Soteldo, Lucas Veríssimo, Derlis González, Luan Peres, Jorge Sampaoli (SAN), Elias, Luan, Otero (CAM)

Gols: Luan, 1’/1ºT (1-0) e Léo Silva, 21’/1ºT (2-0)

Escalação Atlético: Cleiton; Guga, Léo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Réver (José Welison; intervalo), Elias (Cazares; 41’/2ºT), Nathan, Otero; Luan (Maicon; 25’/2ºT) e Di Santo. Técnico: Vagner Mancini.

Escalaçao Santos: Everson; Luan Peres, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo; Jorge, Diego Pituca, Carlos Sánchez (Evandro; 18’/2ºT), Jean Mota; Soteldo (Tailson; 20’/2ºT), Derlis González e Marinho (Eduardo Sasha; intervalo). Técnico: Jorge Sampaoli.

Comentários do Facebook
Participe gratuitamente do nosso grupo de notícias no Telegram -> ENTRAR.
você pode gostar também