Ultimate magazine theme for WordPress.

Prazo para trabalhar no ENEM é prorrogado para servidores e professores

O período para inscrição para professores e servidores públicos trabalharem na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, foi prorrogado até segunda-feira (29). A ação feita pelo Ministério da Educação (MEC) é para que os interessados tenham mais tempo para se inscrever. Antes, o prazo era até 22 de julho.

Para se inscrever é preciso ser servidor público do Poder Executivo Federal, em exercício em 2019, administrado pela Lei nº 8.112, ou professor da rede pública estadual ou municipal de ensino, efetivo e registrado no Censo Escolar 2018. E também, é necessário ter formação no ensino médio, não estar inscrito ou ter parentes inscritos no Enem 2019.

O valor pago pelo serviço prestado é de R$ 342 por dia de aplicação. Para participar, entre no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e se cadastre na Rede Nacional de Certificadores (RNC). O exame será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro.

O que o certificador faz?

O responsável pela função irá conferir os procedimentos protocolares da aplicação, como o horário de chegada das provas, a abertura dos pacotes e a entrega aos candidatos, conferir o preenchimento adequado do material de acordo com as normas padrões do Inep. Não é permitido o uso de smartphones ou tablets durante o horário de serviço.

Comentários do Facebook